Macedo de Cavaleiros é o único hospital com TAC da ULS Nordeste

Macedo de Cavaleiros é o único hospital com TAC da ULS Nordeste

 

Depois de Mirandela, agora avariou também o TAC no hospital de Bragança.

Dos três hospitais que fazem parte da Unidade Local de Saúde do Nordeste o equipamento só está a funcionar em Macedo de Cavaleiros.

É para lá que estão a ser encaminhados todos os utentes que precisam de fazer este exame complementar de diagnóstico, seja em situações de urgência ou programadas.

A avaria tem causado um corrupio de ambulâncias e enfermeiros entre as cidades para transportar os doentes.

Elisabete Barreira, representante do Sindicato dos Enfermeiros, diz que a situação está a causar constrangimentos nos serviços.

“Os doentes têm de ser transferidos para a unidade hospitalar de Macedo para fazer o TAC e neste momento temos um número reduzido de enfermeiros nos serviços devido às férias”, refere, acrescentando que nesta altura “há menos enfermeiros escalados e nestas situações, às vezes não conseguimos fazer o acompanhamento porque não há enfermeiros suficientes e também não podemos abandonar o turno”.

Contactado pela CIR, o presidente do conselho de administração da ULS Nordeste, desvaloriza a situação dizendo que há avarias todos os dias nos hospitais.

Em relação ao caso de Bragança, e sem prestar declarações gravadas, António Marçoa diz que a tomografia axial computorizada foi reparada recentemente mas voltou a avariar.

Em Mirandela, o equipamento está sem funcionar há um ano e não há perspectivas sobre quando voltará a trabalhar, uma vez que a componente que precisa de ser substituída custa metade daquilo que representa a aquisição de um aparelho novo.

Por isso, a administração está a equacionar as hipóteses, tendo em conta a actual conjuntura.

 

Escrito por Brigantia (CIR)

Relacionados

Comentar