Criadores reclamam apoios para preservar raça mirandesa

Criadores reclamam apoios para preservar raça mirandesa

Os criadores de bovinos de raça mirandesa reclamam apoios para conseguirem manter e aumentar o efectivo desta raça autóctone.

Dizem que é cada vez mais difícil criar animais desta raça e queixam-se de que a carne não é devidamente valorizada e não lhes traz o rendimento desejável.

As queixas foram ouvidas este sábado no concurso concelhio de bovinos de raça Mirandesa que decorreu em Macedo de Cavaleiros.

microfone profissional 4 (1)

Serafim Paulos, de Carrapatas diz que os agricultores estão a apostar em outras raças como a limousine, pelo facto desta se desenvolver mais rápido.

microfone profissional 4 (1)

 

Alfredo Preto tem oito fêmeas e um macho e enfatiza que as raças autóctones deviam receber mais apoios que contribuíssem para a sua preservação.

E sustenta que a qualidade da carne mirandesa é ímpar e inigualável.

microfone profissional 4 (1)

O secretário técnico da raça alerta para reduzido efectivo da mirandesa, que ronda as quatro mil fêmeas no solar da raça que engloba os concelhos de Bragança, Macedo, Mogadouro, Vimioso e Vinhais.

Valter Raposo é imperativo ao dizer que nenhuma carne se compara à qualidade apresentada pela mirandesa.

microfone profissional 4 (1)

O presidente do município anfitrião deste concurso de bovinos de raça mirandesa, Duarte Moreno afiança que é uma iniciativa para ser enraizada na cidade.

microfone profissional 4 (1)

O concurso de bovinos de raça mirandesa do concelho de Macedo de Cavaleiros contou com cerca de 20 criadores e 30 exemplares.

Os melhores exemplares escolhidos entre oito secções vão estar presentes no Concurso Nacional que este ano acontece em Miranda do Douro.

 Escrito por ONDA LIVRE

 

Relacionados