Abade de Baçal nasceu há 150 anos

Abade de Baçal nasceu há 150 anos

É necessário dar a conhecer a figura do Abade de Baçal em todo o país. Esta foi a ideia defendida ontem pelo diretor regional de Cultura do Norte, António Ponte, durante as comemorações dos 150 anos do nascimento do abade e dos 100 anos do Museu Abade de Baçal.

microfone profissional 4 (1)

O responsável considera que o conjunto de iniciativas preparadas pelo Museu Abade de Baçal, em parceria com várias instituições da região norte, para comemorar este aniversário, têm de ser dadas a conhecer um pouco por todo o território nacional.

A abertura das comemorações, que se vão prolongar ao longo do ano, ficou ainda marcada pela apresentação de um vinho produzido pela Santa Casa da Misericórdia de Macedo de Cavaleiros e engarrafado especialmente para esta ocasião, numa edição limitada.

Além de conferâncias, exposições, e apresentações de livros de vários autores transmontanos, foram também apresentados cd’s com registos sonoros recolhidos pelo cónego Belarmino Afonso e um postal dos CTT alusivo aos 150 anos do nascimento do Abade de Baçal aos 100 anos do Museu.

 

Informação CIR (Rádio Brigantia)

Relacionados

Comentar