Macedense consegue empate no primeiro jogo de manutenção

Macedense consegue empate no primeiro jogo de manutenção

O Grupo Desportivo Macedense conseguiu um ponto no primeiro jogo para a fase de manutenção da II divisão de Futsal.

8-8 foi o resultado em casa, frente ao São Mateus, na partida do passado sábado.

Um jogo onde os três pontos eram importantes para a confiança da equipa, confessa Rute Carvalho, treinadora-adjunta do GDM.

icon 2_reduzido

“Era ouro sobre azul. Sabíamos de antemão que os nossos adversários, acima de nós, tinham empatado entre eles, portanto, estava tudo do nosso lado. Assim sendo, foi péssimo pois todos os que estavam abaixo conseguiram ultrapassar-nos.

Com os três pontos teríamos subido duas posições na tabela, assim descemos uma. 

Faltam seis jogos que pode ser que surjam ao contrário, com a bola a bater no poste e entrar, ou talvez o nosso guarda-redes a tirá-las em cima da linha.

Esperamos, no entanto, ter a recuperação de alguns jogadores que estavam tocados, nomeadamente o Ivo, e pode ser que se consiga colmatar uma limitação com o regresso.”

Ainda há 6 partidas por jogar nesta fase de manutenção, mas o receio de poder regressar às competições distritais é uma constante na equipa.

icon 2_reduzido

“O receio está patente desde o início. Uma equipa que sobre, independentemente de tudo, tem de ter o objetivo de manter, mesmo sendo na 1ª época que é difícil e muito competitiva. Claro que se tivéssemos os 3 pontos estávamos mais confiantes, confiança essa que hoje ficou um pouco abalada, mas na segunda-feira temos de estar todos com a cabeça limpa pois o próximo jogo vai ser uma deslocação nada fácil, talvez a mais difícil de todas.

Temos a sorte de, no sorteio, terem saído quatro jogos em casa e, por isso, temos de os aproveitar.”

 

Uma primeira parte onde a vantagem pendia para o lado do Macedense, posição que inverteu logo no início do segundo tempo, fruto de uma mudança de atitude do adversário.

Uma situação que já não é novidade, admite Sérgio Assis, treinador-adjunto da equipa do São Mateus.

icon 2_reduzido

“Aconteceu o que tem acontecido nos nossos últimos jogos. Entramos praticamente a dormir, demos uma meia-parte de vantagem ao adversário e depois somos obrigados a dar luta para tentar resolver o jogo.

Quando viramos o resultado a nosso favor, continuamos a cometer erros infantis em situações de um para um onde devemos ter a bola e damos contra-ataques que acabam em golos do adversário. Assim é complicado ganhar jogos.”

Um jogo onde ambas as equipas estiveram à altura, refere ainda o técnico-adjunto.

 

icon 2_reduzido

“O Macedense teve uma atitude boa desde início, acho que não merecia perder.

Apesar de ser um mau resultado, principalmente para o macedense, pois nós nesse aspeto estamos um pouco mais descansados, acho que a derrota para qualquer uma das equipas hoje tinha sido injusta.”

Para garantir a permanência na II Divisão de Futsal, o Macedense precisa estar entre os quatro melhores pontuados das oito equipas em competição. Atualmente ocupa o sétimo lugar.

Este foi o primeiro dos sete jogos desta fase, dos quais há ainda três que vão acontecer em Macedo de Cavaleiros.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Leave a Reply

css.php