João Pires volta com prata e bronze ao peito

João Pires volta com prata e bronze ao peito

João Pires, da Associação de Desportos de Combate de Macedo de Cavaleiros, conquistou a prata em full-contact e o bronze em light-contact, no Campeonato da Europa, que está a acontecer em Santorini, na Grécia.

O jovem de 16 anos, ainda júnior, competiu no escalão acima, em sénior, e traz novamente duas medalhas para Portugal. Foi uma lesão, uma distensão muscular na virilha, a ditar que João Pires não iria mais longe nesta competição na modalidade de light-contact, e assim termina a sua participação.

Um pouco desiludido, João Pires, ao telefone com a Onda Livre, ainda na Grécia com a restante Seleção Nacional, considera que perdeu bem, e já pensa nos próximos combates.

reduzido 3

“Estou um bocadinho desiludido, estava à espera de mais. Estava à espera de conquistar o ouro nas duas modalidades. Perdi com o mesmo atleta que me derrotou no ano passado, na final, num combate bastante batido. Durante o combate, aleijei-me na virilha, o que estragou a minha prestação no Light. Acabou por ser má a minha performance no Light, apesar de ter resistido até ao fim. Perdi bem. Agora é concentrar-me no próximo combate, na Gala, em Macedo.”

Competir num escalão que não é o seu é mais complicado, mas mais desafiante também.

reduzido 3

“Neste campeonatos gosto de competir em sénior porque é mais desafiante. Nesta Federação, o Full Contact que joguei só se pode fazer em sénior. Inscrevi-me, para ver no que dava. Fiquei com a prata, não foi muito mau. Apanhamos atletas muito bons, com um nível muito grande. O adversário com quem perdi já foi campeão do mundo por 3 anos consecutivos, o mesmo nos europeus. Tem mais anos disto do que eu. E é sempre bom rodar com malta mais experiente, porque acabamos por aprender.”

Numa próxima, mostra-se confiante o atleta, o ouro vem para Macedo.

reduzido 3

“A preparação para este campeonato foi um pouco difícil, porque não tínhamos as instalações prontas. A juntar aos estudos. Mas, numa próxima, o ouro vem para Macedo.”

Recorde-se que esta não é a primeira vez que o jovem compete no escalão sénior, depois de ter representado a Seleção Nacional no Campeonato do Mundo da World Kickboxing Federation, de onde também voltou medalhado, naquela que foi a estreia nos combates internacionais. Em novembro, no full-contact ficou no 3º lugar no pódio, no light-contact conquistou a prata.

Escrito por ONDA LIVRE

 

Relacionados

Leave a Reply

css.php