Brigantino Jorge Gomes fica agora apenas com atos de gestão

Brigantino Jorge Gomes fica agora apenas com atos de gestão

Com a demissão da Ministra da Administração Interna, também os secretários de Estado abandonam o governo. O brigantino Jorge Gomes confirmou que já não faz parte da composição do ministério, deixando assim o cargo quase 2 anos depois de ter assumido as funções de Secretário de Estado da Administração Interna, com o pelouro da Protecção Civil.

Em declarações à comunicação social hoje à chegada ao ministério, Jorge Gomes, disse que tomará parte apenas em actos de gestão:

Icone ouvir radio_novo

“Neste momento temos a demissão a Sra. Ministra da Administração Interna ontem e, como tal, os secretários de estado já não fazem parte desta composição a não ser em atos de gestão.”

O Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, tem sido muito criticado depois de, aquando dos incêndios fatais do último fim de semana, ter dito que “as comunidades têm de ser proactivas” e não podem ficar “à espera que apareçam os bombeiros e os aviões para resolverem o problema”.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)

Relacionados

Comentar

css.php