Juniores de Macedo recebem AD Fafe e continuam sem pontuar

Juniores de Macedo recebem AD Fafe e continuam sem pontuar

A equipa dos Juniores de Macedo recebeu no passado sábado a Associação Desportiva de Fafe.

Apesar da equipa da casa permanecer em último na tabela de classificações este foi um jogo complicado para a equipa de fora.

Durante a primeira parte nenhuma das equipas conseguiu alcançar o marcador, o que renovava a esperança na vitória para a equipa de Macedo.

 Ao longo da segunda parte a equipa de fora consegue alcançar o marcador conseguindo obter a vitória por 3-0.

Os Juniores de Macedo continuam sem se estrearem no marcador, mas Quintino Angélico, o treinador, admite notar melhorias na equipa.

 

Icone ouvir radio_novo

 “Melhoramos um bocadinho, independentemente de termos sofrido 3 golos. Mas acho que melhoramos e temos que continuar a melhorar. Não está fácil e também temos algumas lesões que nos têm afetado. Somos poucos mas acredito que ainda possamos melhorar mais um bocadinho. Temos de ter consciência daquilo que andamos a fazer, do que representamos. As situações não têm sido fáceis porque temos tido muitas dificuldades, ainda mais nos jogos fora do quem casa. Mas temos que levantar a cabeça e temos de continuar a trabalhar para tentar melhorar o que for possível.”

Para Nuno Guimarães, treinador da Associação Desportiva de Fafe, foi uma vitória difícil mas o golo no início da segunda parte deixou a equipa mais tranquila.

 

 

Icone ouvir radio_novo

“Nós prevíamos que não ia ser um jogo fácil, não é pelos últimos resultados do Macedo que nós desvalorizamos a equipa. Nós também tentámos que os nossos jogadores não criassem expetativas de que o jogo ia ser fácil.
Na primeira parte tentámos ser intensos mas acabámos por ter que baixar a intensidade as nossas ações ofensivas por causa do estado do relvado que realmente estava pesado e a relva levantava muito e tínhamos jogadores a cair.
Na segunda parte conseguimos logo fazer o golo perto dos 5 minutos o que nos deu uma tranquilidade extra, embora soubéssemos que o jogo não estava resolvido porque o Macedo sempre em transições ofensivas criava-nos um pouco de perigo e portanto fomos atrás do segundo golo e tivemos a felicidade de conseguir concretizar as oportunidades que criámos na segunda parte.”

Este jogo não terminou da melhor forma para o sub-capitão da equipa da casa, Edu, camisola número 6 que saiu lesionado com gravidade durante o decorrer da segunda parte.

O próximo encontro acontece dia 18 de Novembro com o Varzim Sport Club em Macedo de Cavaleiros.

 

Escrito por ONDA LIVRE

 

Relacionados

Comentar

css.php