Dois homens detidos por chegar fogo no distrito de Bragança

Dois homens detidos por chegar fogo no distrito de Bragança

Foram detidos no distrito de Bragança dois homens suspeitos do crime de incêndio florestal.

A primeira aconteceu sexta-feira em Vila Flor onde, segundo as autoridades, o indivíduo estaria a fazer uma queima de sobrantes sobre a qual perdeu o controlo, levando a que as chamas alastrassem e consumissem 6 mil m2 de mato.

Já ontem, o Comando Territorial de Bragança deteve um homem de 67 anos pelo mesmo crime na localidade de São Julião dos Palácios.

Os militares do Núcleo da Proteção Animal detectaram uma coluna de fumo e dirigiram-se para o local onde surpreenderam o indivíduo que tinha efetuado a ignição. Ao avistar os militares da GNR, o suspeito colocou-se em fuga tendo sido posteriormente intercetado e detido.

Segundo as autoridades, o indivíduo disse que a intenção era efetuar uma queimada para renovação de pasto, sobre a qual perdeu o controlo, levando a que o fogo alastrasse a 30 000 m2 de mato.

Ambos os detidos foram sujeitos a termo de identidade e residência.

De lembrar que o período crítico de incêndios foi prorrogado até à próxima quinta-feira, pelo que a realização de queimas continua proibida, assim como as restantes atividades que têm vindo a estar interditas durante a vigência destes períodos.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar

css.php