Detido por furtar equipamentos e programas informáticos

Detido por furtar equipamentos e programas informáticos

Um jovem de 26 anos é arguido por furtar equipamentos e programas informáticos avaliados em 120 mil euros no Instituto Politécnico de Bragança.

Natural de Lagoa, no concelho de Macedo de Cavaleiros, o jovem reside em Bragança e esteve matriculado num curso que nunca concluiu.

Segundo o Jornal de Notícias, quando ocorreram os furtos, durante o último trimestre do ano passado, o jovem já não estudava no Politécnico mas continuava a fazer-se passar por aluno.

Aproveitava-se deste estatuto para se introduzir nos gabinetes, mesmo de alguns professores, para concretizar os furtos.

Em dezembro foi apanhado em flagrante a tentar furtar equipamento num gabinete da Escola Superior de Tecnologia e Gestão.

Quando a PSP o deteve, constatou que já tinha furtado diversos computadores, telemóveis e dinheiro a várias pessoas.

 

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Ansiães)

Relacionados

Comentar

css.php