20 anos e meio de prisão para homem acusado de matar a mulher em Macedo

20 anos e meio de prisão para homem acusado de matar a mulher em Macedo

O Tribunal de Macedo de Cavaleiros condenou esta tarde a 20 anos e meio de prisão em cúmulo jurídico o homem de 60 anos acusado de matar a mulher a tiro em Macedo de Cavaleiros. O arguido foi ainda condenado a pagar um total de 105 mil euros de indemnização às filhas.

O caso começou a ser julgado em dezembro do ano passado onde o indivíduo respondia por três crimes. Da pena atribuída, o homem foi condenado a 19 anos e seis meses por homicídio qualificado agravado, dois anos por violência doméstica e um mês por detenção de arma proibida.

De lembrar que o caso remonta a 13 de janeiro de 2017, quando o indivíduo disparou dois tiros na rua contra a mulher de 55 anos que estaria a chegar a casa depois do trabalho, um deles acertando-a fatalmente na cabeça. De seguida, barricou-se na garagem tendo-se auto-mutilado na cabeça com um machado.

O agora condenado estava em prisão preventiva desde essa altura.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar