Juniores continuam luta pela manutenção e pelos primeiros 3 pontos

Juniores continuam luta pela manutenção e pelos primeiros 3 pontos

2-4, foi o resultado que ao apito final ditou mais uma derrota para os Juniores de Macedo no passado sábado em casa frente ao S.C. Vianense.

A partida ainda começou bem para a equipa verde e amarela, que, com apenas 6 minutos de jogo, abriu o marcador e fez o primeiro golo do encontro. 1-0

Mas a vantagem depressa abandonou o posto, com os dois golos seguintes do Vianense a levar o resultado para intervalo por 1-2.

No segundo tempo, o Macedo volta a fazer as honras da casa e acerta o primeiro daqueles 45 minutos. 2-2

Não satisfeito com um possível empate, o Vianense deu a volta e carimbou o 2-3.

Falta sobre o Macedense na área dá direito a penalti a favor da equipa de Viana que, com um remate certeiro à baliza, ditou o resultado final, 2-4, vitória para o Sport Clube Vianense.

 

O jogo começou em desvantagem para o Vianense, que embora depois tenha dado a volta ao resultado, encontrou em campo um Macedo mais forte do que nas partidas anteriores, confessa o capitão daquela equipa, Pedro Oliveira.

“O Macedo é uma equipa perigosa quando joga em casa.

Começamos a perder mas agimos bem, tivemos boa atitude e conseguimos virar o jogo. Depois sofremos o 2-2, o que complicou um pouco, mas reagimos outra vez bem e marcamos os restantes que nos deram a vitória. 

Agora, na fase de manutenção, encontramos um Macedo com melhorias. É uma equipa com jogadores diferentes e, se calhar, aos poucos, podem melhorar ainda mais. Vamos ver o que  acontece na segunda volta.”

Já para o Macedo, o desfecho não foi o desejado, resultado de erros em jogo e também das condições do relvado que, devido à chuva, não eram as melhores, considera João Saraiva , Delegado de Equipa.

“Infelizmente correu mal pois perdemos. Mas acho que na primeira parte entramos bem, tivemos duas ou três oportunidades para fazer golo, e conseguimos o primeiro. Depois, infelizmente, acabamos por ir para o intervalo em desvantagem, devido, mais uma vez, a erros individuais da nossa equipa. Mas são coisas que acontecem, fazem parte do futebol, pois quando perdemos, perdem todos e quando ganhamos, ganham todos. Na segunda parte entramos com vontade de tentar mudar o resultado mas, infelizmente, não conseguimos.

Saliento aqui também as más condições que hoje o relvado tinha para a prática do futebol, e talvez tenhamos sido mais prejudicados por isso na segunda parte, pois jogamos contra o vento e acabamos por sofrer um pouco com isso.”

E apesar dos resultados os distanciarem cada vez mais da 2ª divisão, enquanto for possível, a luta continua.

“Nós estamos no fundo da tabela, só temos um ponto e procuramos ansiosamente por mais, até para levantar a moral da equipa, pois são os pontos e as vitorias que trazem animo e dão melhores jogos.

Vamos continuar, ainda faltam algumas jornadas até ao fim desta fase de manutenção, claro que sabemos que é difícil, matematicamente ainda é possível e, enquanto assim for, vamos lutar.

Reconheço que é difícil, quase impossível, mas vamos tentar, acima de tudo, angariar mais alguns pontos.”

No próximo sábado, a equipa de Macedo vai encontrar os Caçadores de Taipas, que estão neste momento duas posições acima na tabela.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar