Talhas foi a aldeia escolhida para participar no projeto “Há Festa na Aldeia”

Talhas foi a aldeia escolhida para participar no projeto “Há Festa na Aldeia”

Talhas, no concelho de Macedo de Cavaleiros, foi a localidade escolhida para fazer parte do “Há Festa na Aldeia”, um projeto de dinamização rural das Aldeias de Portugal, impulsionado pela Associação do Turismo de Aldeia em parceria com o Município e a comunidade.

Um projeto que pretende criar uma rede Nacional de Aldeias de forma a promover o turismo nestas localidades por vezes mais esquecidas do país, tal como refere Teresa Pousada, a Presidente da Associação.

“É responsável por esta gestão da rede das Aldeias de Portugal, tem 85 aldeias na região Norte e algumas na região Centro e que agora está com uma nova direção, um novo rumo para se tornar uma verdadeira rede de aldeias Nacional abrangendo todas as outras aldeias temáticas que existem no País. Pretendemos criar um produto forte e em que as aldeias  de Portugal possam ser um motor de desenvolvimento local com base muito associada ao Turismo destes lugares que são a identidade do país, que interessa resgatar e desenvolver.” 

 

Talhas que demonstrou grande potencial para fazer parte da iniciativa devido à riqueza de culturas e tradições, explica Rita Pinto, coordenadora do projeto.

“Nós já tínhamos a informação através da Associação de Desenvolvimento Local, a DESTEQUE, de que realmente valia a pena apostar em Talhas, tanto como Património de Portugal como Património da própria comunidade imaterial e mais nesta questão imaterial é que realmente, Talhas nos despertou a curiosidade. Toda esta questão que falamos aqui hoje das lendas, das histórias, das memórias e das pessoas é o mais importante que estes territórios têm. Estas coisas não podemos deixar que se esqueçam e queremos que estas memórias tragam novas memórias e que renove a memória nos mais novos e é um projeto de combate ao isolamento, que estas pessoas não se sintam sozinhas, o que infelizmente é uma realidade nas aldeias.” 

 

Depois do primeiro contacto com os habitantes da aldeia, o passo seguinte é pôr em prática costumes antigos, esclarece Teresa Pousada, a Presidente da Associação.

“Após este primeiro encontro com a comunidade, e este foi um momento de apresentação do projeto, queremos e desafiamos as pessoas a pensar naquilo que é a sua identidade, as suas tradições e naquilo que eles têm interesse em voltar a fazer, resgatar estas tradições e trabalhar com elas através de oficinas, para que se promova o que era os saberes antigos.” 

 

Um grande privilégio para a aldeia e para os moradores, considera Inácio Roma, Presidente da Junta de Freguesia de Talhas.

“É um grande privilégio e agradeço muito a todos os que trabalharam para isto. Gostei da multidão que se apresentou, é bom que vamos recordando para não perder o que os nossos antepassados fizeram.” 

 

O projeto foi apresentado ontem na aldeia de Talhas que se junta agora à lista de mais nove localidades da rede “Aldeias de Portugal”.

 

Escrito por ONDA LIVRE 

Relacionados

Comentar