Os 60 alunos de Macedo sem professor de História deverão voltar a ter aulas já na segunda-feira

Os 60 alunos de Macedo sem professor de História deverão voltar a ter aulas já na segunda-feira

Já há luz ao fundo do túnel para os cerca de 60 alunos da Escola Básica e Secundária de Macedo de Cavaleiros sem professor de História há mais de 3 meses.

Esta tarde a Direção do Agrupamento informou os Encarregados de Educação que, a partir de segunda-feira, as aulas de História serão retomadas, avançou Carlos Batista, Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação.

“O Diretor da Escola comunicou-nos esta tarde que, a partir de segunda-feira (dia 16) as aulas de História serão retomadas.

Não nos foi adiantada qual a forma que a Direção encontrou para resolver a situação, disseram-nos apenas que a partir de segunda-feira os alunos já terão aulas.”

Apesar de ainda não saberem em que circunstâncias serão depois repostas as aulas em falta, o Presidente da Associação de Pais diz que a resolução avançada hoje pela Direção já os deixa mais sossegados.

“Agora estamos um pouco mais sossegados mas depois teremos de ver quais as formas que serão encontradas para minimizar este período tão longo sem aulas que terá repercussões no caminho académico destes alunos.”

Ainda sobre esta matéria, as deputadas do CDS-PP, Ilda Araújo e Ana Rita Bessa, terão questionado a tutela se o Governo tem conhecimento da situação e que diligências tomarão para solucionar o problema.

Em comunicado, o partido avança que questionaram ainda “como irá o Ministério da Educação garantir que os alunos do 12º ano não vão ser prejudicados na admissão do exame a História para acesso ao ensino superior, marcado para 22 de junho”.

As mesmas questões teriam sido já enviadas em março ao Governo pelo Bloco de Esquerda.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar