Projeto pioneiro de apoio a doentes crónicos vai arrancar em Macedo

Projeto pioneiro de apoio a doentes crónicos vai arrancar em Macedo

Macedo de Cavaleiros foi o concelho escolhido para dar início a um projeto pioneiro de apoio a doentes com problemas crónicos.

A revelação foi feita ontem por Benjamim Rodrigues, autarca local, que explica mais sobre a iniciativa.

“Vamos ter uma empresa de âmbito social a analisar as situações de doentes crónicos carenciados, idosos com algumas limitações financeiras e com más condições sociais. Essas pessoas serão privilegiadas recebendo uma atenção especial dessa empresa que vai criar uma bolsa do medicamento para fornecer a quem estiver sinalizado.”

Um projeto que está a ser desenvolvido há cerca de 2 anos pela privada SolPharma, uma empresa que se dedica à criação de bolsas de medicamentos com o fim de beneficiar pessoas com menos posses, e com a parte logística a ser apoiada pelo município.

Declarações à margem dos discursos comemorativos do 25 de Abril em Macedo de Cavaleiros que este ano foram marcados pela participação de três jovens de vários quadrantes políticos que expuseram o seu ponto de vista sobre a importância da data celebrada.

Uma forma de diversificar opiniões e lembrar a importância da liberdade às gerações mais novas, defende o presidente.

“Foi aqui feita a exposição de opiniões de jovens de vários quadrantes políticos, o que permite que haja isenção e diversificação na mesma.

Falaram com muita convicção, tenho a certeza que estão historicamente bem documentados pois referiram-se a pormenores de que nem todos têm conhecimento.

O 25 de Abril é uma data muito significativa, para mim em particular porque vivi nessa altura e também porque é importante para podermos incutir a todas as nossas gerações vindouras de que estes são valores a defender e a preservar, e que a nossa liberdade acaba onde começa a dos outros.”

 

Por lá passou ainda Camilo Morais, presidente da Assembleia Municipal de Macedo de Cavaleiros, que reforçou a importância dos jovens para a afirmação da liberdade e crescimento do país.

“Estes jovens, que embora não saibam muito bem o que foi o 25 de Abril, deram aqui um testemunho muito importante para manutenção da liberdade e para que a democracia se concretize. E isso só será realmente possível se a nossa juventude tiver meios para poder trabalhar e constituir as suas famílias aqui, enriquecendo este país.

Portugal só é mais pobres que algumas nações porque os nossos grandes homens estão a trabalhar lá, pois se estivessem aqui, seriamos o maior país do mundo. “

As Comemorações do 25 de Abril em Macedo de Cavaleiros contaram com várias outras atividades, com destaque para a I Corrida e Caminhada da Liberdade.

(Assista às reportagens dos acontecimento que marcaram o dia de ontem na cidade macedense, em breve, na ONDA LIVRE TV)

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar