150 professores de Bragança e Mirandela manifestaram-se este sábado, em Lisboa

150 professores de Bragança e Mirandela manifestaram-se este sábado, em Lisboa

Cerca de 150 Professores de Bragança e Mirandela, participaram na manifestação em Lisboa, deste sábado. Acácio Lopes, vice presidente do conselho geral do Sindicato de Professores da Zona Norte conta que o Governo e o Ministério da Educação não estão a cumprir o que foi prometido

 “O Governo e o próprio Ministério da Educação, neste momento, não são pessoas de bem porque não cumprem aquilo que prometeram. O orçamento de 2018 definiu a contagem integral de tempo de serviço e isso não está a ser possível.

É pena que os professores que não querem fazer manifestações, reivindicações e greves tenham que recorrer a estas formas de luto, que são as últimas.”

As principais reivindicações desta manifestação que juntou cinquenta mil participantes, são a contagem total de tempo de serviço (nove anos, quatro meses e dois dias), um regime especial de aposentação e contra a precariedade desta profissão.

 

Foto: Sindicato dos Professores Zona Norte 

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)  

 

Relacionados

Comentar