Futebol Sénior regressa a Macedo de Cavaleiros ainda este ano

Futebol Sénior regressa a Macedo de Cavaleiros ainda este ano

Seis anos depois, o escalão Sénior de futebol vai mesmo regressar a Macedo de Cavaleiros já na próxima época.

A garantia foi dada por Luís Simão, presidente do Clube Atlético, que aponta para um plantel “preferencialmente” macedense:

“Decidiu-se, numa reunião de direção que aconteceu há duas semanas, que vai voltar a ser constituída uma equipa de futebol Sénior em Macedo. Este retorno já deveria ter acontecido há mais tempo, mas as condições, a nosso entender necessárias, ainda não estavam reunidas. Este ano, esses parâmetros estão “mais próximos” daquilo que achamos ideal e, como tal, vamos avançar.

Este é o momento certo e queremos formar uma equipa com base em jogadores, sobretudo, de Macedo. Vamos tentar trazer alguns elementos que já estiveram na equipa, vamos ter também uma reunião com os nossos Juniores que subiram a Séniores, e com os Juvenis que subiram a Juniores, para lhes dizer o que é pretendido nesse escalão, ver qual a adesão por parte deles e, a partir daí, talvez fazer um ou dois treinos de captação.

Queremos também apostar na formação de jogadores.”

E apesar de a autarquia de Macedo ter disponibilizado a verba que garante a constituição da equipa, cujo valor ainda está a ser acertado entre as duas partes, a não existência de um campo sintético continua a ser uma limitação, sustenta o presidente:

“O ideal seria ter, pelo menos, um campo sintético mas, infelizmente, vamos ter de nos orientar com os espaços que temos. 

Já fomos informando alguns dos possíveis futuros jogadores para essa situação, dizendo-lhes que apenas temos o campo relvado. Temos ainda de ter em conta que esse campo tem de ser preservado para os jogos, tanto de formação como de séniores, e, como tal, no tempo de muita chuva, é provável que os treinos aconteçam no campo pelado.”

Além da verba municipal, e embora não se saiba em quanto, também o Clube Atlético terá de suportar parte do investimento no regresso do escalão sénior. Luís Simão deixa por isso ficar um apelo:

Deixo, desde já, um repto a todos os comerciantes macedenses para que contribuam através dos meios disponíveis, ou seja, com publicidade. Se todos queremos a existência deste escalão de futebol, temos de trabalhar para que funcione bem.

Aos que não são comerciantes, apelamos para que apareçam no estádio, pois a bilheteira não terá preços elevados e o dinheiro conseguido será bem-vindo.

Do lado do município, Rui Vilarinho, vereador do Desporto, refere-se a este regresso como uma oportunidade de os jovens continuarem a praticar futebol no concelho:

“Uma equipa de séniores é o ponto de referência para todos os jovens, e, como tal, o município tem vontade que esta regresse, à semelhança do que acontece com o futsal.

Neste momento, o importante é participar e fazer com que os jovens de Macedo, que estavam nos júniores, tenham condições de continuar a praticar a modalidade que tanto amam.”

Já o campo sintético vai ter de esperar pelo próximo quadro comunitário 2020:

“O que o pré-projeto contempla é um pavilhão Gimnodesportivo, um campo de futebol de sete, outro de onze, um de ténis, entre outros.

Agora resta aguardar pelo próximo quadro comunitário e ver se somos contemplados com algum apoio para executar esta obra, pois somos o único município do distrito que não tem um campo sintético.

Porém, se este projeto não se enquadrar para em uma  candidatura, teremos de pensar num plano B.”

Quanto ao técnico, já se sabe que será o mirandelense José Afonso a liderar o escalão máximo do futebol de Macedo, ele que possui 4º grau de treinador e já jogou pela equipa em outros anos.

O Campeonato Distrital de Futebol deverá arrancar no final de agosto já com a equipa de Séniores do Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros na corrida pelo título.

Na foto: Luís Simão (presidente do Clube Atlético)

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar