Já estão definidos os técnicos que vão liderar a equipa de futebol sénior de Macedo

Já estão definidos os técnicos que vão liderar a equipa de futebol sénior de Macedo

O treinador, como já foi noticiado, vai ser José Carlos Afonso, atualmente com 55 anos de idade e uma vasta carreira em clubes nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, em Marrocos, Emirados Árabes Unidos, Guiné Conacri e, há 24 anos, na época de 1993-1994, foi inclusive jogador do Macedo.
O treinador-adjunto será António Fernandes, ele que na época passada foi técnico do escalão Juvenil e nesta época terá essa função no escalão Júnior.
Por fim, surge ainda o nome de Augusto Patronilho, que tem no seu histórico clubes como o Boavista, Padroense e a nível internacional passou pela Guiné Conacri. Na próxima época será o treinador de guarda-redes do Macedo.
Uma equipa à altura do desafio, considera José Carlos Afonso, treinador principal:

“Sim. Eu estou habituado a trabalhar com ponderação e organização porque, como em tudo na vida, também no futebol quanto melhor forem as bases, mais facilmente os objetivos são atingidos.

Há duas coisas que são fundamentais em qualquer clube: dar continuidade à formação e ter uma equipa de séniores. E esses foram os nossos objetivos desde início.”

Neste momento, já estão a ser convocados jogadores para constituir a equipa que pertence Clube Atlético.
Entre 17 a 24 de agosto vão decorrer treinos de captação, com os quais o treinador espera conseguir encontrar atletas com potencial para pertencer a um plantel que estará sempre aberto a novas contratações, acrescenta:

“Neste momento, temos cerca de seis juniores já convocados, alguns confirmados e outros por confirmar, e também cerca de cinco ou seis jogadores do escalão sénior.

Nós não queremos fazer as coisas muito rapidamente, o importante é fazê-las bem.

Estou convencido que, durante a semana em que vão decorrer os treinos de captação (de 17 a 24 de agosto), vai aparecer muita gente de valor. Vai ser uma semana fundamental para saber o que precisamos.

Quanto ao plantel, embora para dar início ao campeonato tenha de estar mais ou menos definido, estará sempre aberto à vinda de jogadores.”

Quanto ao regresso do escalão máximo do futebol à cidade, o ex-jogador do Macedo diz que a existência de uma equipa de futebol sénior constitui mesmo uma necessidade para a população:

“Eu consegui estar por Macedo na época passada e acompanhar a prestação da equipa de Juniores. Por lá apercebi-me que há uma carência enorme pois a população precisa de ter futebol aos domingos, ter séniores, estimular os jogadores juniores e juvenis para que eles sintam que há continuidade. 

Mais do que os próprios jogadores, as pessoas da terra precisam de distrações para ocupar o tempo, pois todos sabemos a falta de valências que há no interior. Por isso, acho que a existência de jogos de futebol ao domingo é fundamental e vamos fazer com que este atinja o mais alto nível rapidamente.”

No dia 21 de agosto, a equipa sénior vai estrear-se em campo com o Boavista B para um jogo de treino.
A época deverá começar entre o dia 30 de setembro e 7 de outubro.

(Foto não correspondente)

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar