Atletas da ADCMC/CCN já treinam para as próximas competições

Atletas da ADCMC/CCN já treinam para as próximas competições

Os atletas da Associação de Desportos de Combate de Macedo de Cavaleiros e do Clube de Combate do Nordeste, de Bragança, já treinam para as próximas competições.

Para já, as atenções estão voltadas para os dois atletas que vão participar em campeonatos mundiais.

O primeiro a partir, já no próximo sábado, vai ser Paulo Pires, um atleta que combate na disciplina de Light-Contact, -57 kg. Vai competir no Campeonato do Mundo da Wako, em Itália, um dos principais da modalidade. E embora as vitórias sejam importantes, o objetivo principal desta participação é dar experiência internacional ao atleta, afirma o treinador, Luís Durão:

“O WAKO é a principal federação que regula o kickboxing a nível mundial. É a mais competitiva, e na vertente de Tatami e velocidade, é tão difícil conseguir uma medalha quase como nos jogos olímpicos.

As expectativas são sempre altas porque o atleta é bom, tem histórico e soma muitas vitórias. Porém, por outro lado, não tem experiência internacional. Nós acreditamos que ele pode ganhar experiência e tentar o acesso às medalhas, mas o que realmente pretendemos neste momento é dar-lhe rodagem para que se comece a preparar para o futuro.”

As provas vão acontecer de 15 a 23 de setembro em Veneza, na Itália.

Em novembro é a vez de Fabrice Fernandes rumar até ao Campeonato do Mundo de WKF.

Um atleta sénior, que combate em Light-Contacto e Point Fighting, -71kg, que vai até à Argentina tentar trazer medalhas para a associação transmontana, acrescenta o treinador:

O Fabrice é um pouco diferente. É um atleta sénior e tem alguma experiência. No campeonato de WKF o nível de dificuldade não será tão elevado porque é uma federação internacional diferente, mas, mesmo assim, é um campeonato do mundo em que lá vão estar grandes atletas e grandes seleções. Aí sim, vamos tentar atacar as medalhas.”

Quanto aos restantes, os treinos começaram no início deste mês e há, inclusive, atletas novos:

“Há sempre atletas novos e novas inscrições. Em Bragança tivemos, nos últimos treinos, cerca de oito atletas novos, e em Macedo de Cavaleiros foram cerca de 3. Quanto aos atletas de competição, que têm já um trabalho contínuo connosco, ainda não vieram todos.

Normalmente, por treino temos cerca de 20 a 25 participantes, mas, neste momento, contamos apenas com cerca de metade até porque ainda vão começar as aulas. Mas até ao final do mês devem estar todos para começarmos a trabalhar em pleno. Por um lado, as férias fazem-lhes bem, porque aliviam a mente e eles voltam com vontade, mas a nível físico nunca regressam bem. É normal que agora precisem de se adaptar novamente para depois começamos a aumentar o ritmo e começamos a preparar as próximas provas.”

Fora as duas participações internacionais, a próxima competição em que os atletas da associação vão participar é a Taça de Portugal, que se disputa em dezembro.

(foto: arquivo de 2017)

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar