Homem detido em flagrante por provocar incêndio florestal

Homem detido em flagrante por provocar incêndio florestal

A Guarda Nacional Republicana deteve em flagrante delito um homem em Vila Flor por incêndio florestal.

O suspeito, ao realizar uma queima de sobrantes, perdeu o controlo das chamas, propagando-se o fogo à área envolvente.

O detido foi constituído arguido e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

A GNR relembra que o período crítico de Incêndios foi alargado até 15 de Outubro, por força das circunstâncias meteorológicas excepcionais. É, por isso, ainda proibido fazer queimas ou queimadas; fumar, fazer lume ou fogueiras e lançar foguetes nos espaços florestais e agrícolas.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)

Relacionados

Comentar