Acidente de viação mata homem em Figueira de Castelo Rodrigo

Acidente de viação mata homem em Figueira de Castelo Rodrigo

Um homem morreu num acidente de viação, hoje de manhã, na Estrada Nacional 332, perto de Vilar de Amargo, concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

Trata-se de António Casimiro Delgado, funcionário do Tribunal daquele concelho.

Durante o percurso para ao local do acidente, o comandante dos Bombeiros Voluntários locais despistou-se, ficou encarcerado na viatura e sofreu ferimentos considerados graves, nomeadamente nas pernas, tendo sido transferido para o Hospital da Guarda.

O alerta para um choque frontal entre um carro ligeiro e um pesado de mercadorias chegou pouco depois das 8:30 horas da manhã, tanto aos bombeiros de Vila Nova de Foz Côa como aos de Figueira de Castelo Rodrigo.

Segundo o comandante dos bombeiros foz-coenses, Rafael Almeida, o ligeiro embateu violentamente contra o pesado. O condutor do primeiro terá tido morte imediata, enquanto o do segundo saiu ileso.

António Casimiro Delgado teria uma idade na casa dos 50 anos. Residia em Vila Nova de Foz Côa e trabalhava no Tribunal de Figueira de Castelo Rodrigo. O acidente aconteceu quando, supostamente, se deslocava para entrar ao serviço às 9:00 horas da manhã.

Nas operações estiveram envolvidos 24 elementos das duas corporações de bombeiros, da GNR, da ambulância SIV de Vila Nova de Foz Côa e da VMER da Guarda.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Ansiães)

Relacionados

Comentar