Homem constituído arguido por furtos numa igreja e em cabine telefónica

Homem constituído arguido por furtos numa igreja e em cabine telefónica

Um homem de 21 anos foi constituído arguido por furtos em Mogadouro. O detido circulava com outro homem numa viatura, quando foi reconhecido pela GNR como sendo o suspeito de furtos ao interior de uma igreja e a uma cabine telefónica, ocorridos há cinco meses.

Quando as autoridades abordaram a viatura, o homem assumiu a autoria dos crimes e ficou sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Sobre o outro ocupante, pendia um mandado de detenção e condução. Os militares deram cumprimento ao mandado e conduziram o detido ao Estabelecimento Prisional de Bragança para cumprir pena de prisão efetiva de dois anos pelo crime de furto.

Da ação tomou conta o Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Investigação Criminal de Miranda do Douro, com a colaboração de militares do Posto Territorial de Mogadouro.

 

Escrito por ONDA LIVRE 

Relacionados

Comentar