Família hospitalizada por inalação de monóxido de carbono devido a braseira

Família hospitalizada por inalação de monóxido de carbono devido a braseira

Atualizada às 14:47

Quatro pessoas foram hospitalizadas em estado grave por inalação de monóxido de carbono, esta madrugada em Bragança.

O alerta foi dado por volta da 1 da manhã. As vítimas foram transportadas para o Porto uma delas de helicóptero devido à gravidade do estado de saúde, como relata o  segundo comandantes dos bombeiros de Bragança, Carlos Martins:

“Eram duas senhoras, uma com 19 e outra com 49 anos, e dois rapazes gémeos com 23 anos, um dos quais, inicialmente não quis ser transportado, mas quando foi ao hospital acompanhar o estado clínico dos familiares, o médico aconselhou-o a fazer consulta e verificou-se que tinha também elevados níveis de monóxido de carbono no organismo, sendo também transportado para o Porto junto com as outras três vítimas, sendo que uma delas foi transportada de helicóptero, por o seu estado ser mais grave.”

Uma braseira a carvão foi a fonte que originou a ocorrência:

“A vítima do sexo feminino mais nova levantou-se para ir à casa de banho e desmaiou. Quando os familiares tentaram ajudar perceberam que algo não estava bem. Abriram a porta e chamaram o vizinho, que fez alerta via 112. A fonte era uma braseira que tinham no interior da habitação, a carvão, que estaria a arder desde as 20h00.”

No local estiveram 7 operacionais, apoiados por 4 viaturas, uma delas a VMER.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Brigantia)   

Relacionados

Comentar