Sessão de contos com Jorge Serafim enche Biblioteca Macedense

Sessão de contos com Jorge Serafim enche Biblioteca Macedense

É humorista e contador de histórias. Toda a gente o conhece pelo hábito de fazer despertar gargalhadas no público que o segue. Chama-se Jorge Serafim e esteve este fim de semana em Macedo de Cavaleiros numa sessão de contos para os mais pequenos e num espetáculo de stand up comedy para os mais graúdos.

O encontro com os mais novos aconteceu na Biblioteca Municipal, onde se contaram histórias que arrancaram sorrisos e curiosidade. Uma iniciativa em que participaram cerca de 100 pessoas, conta Jorge Serafim:

Venho aqui em duas vertentes. A primeira é a minha profissão principal que não é humorista, é contador de histórias, porque a minha formação vem de bibliotecas. Eu trabalhei 12 anos na Biblioteca Municipal de Beja em estratégias de promoção do livro e da leitura. Quando me contactaram propus vir à biblioteca fazer uma hora do conto para pais e filhos. É uma forma de mostrar aos pais a importância dos livros na formação e da cidadania dos seus filhos. 

Não estava à espera que aparecessem tantos pais e tantos filhos. Uma hora de histórias, desfilou-se aqui muita narrativa. As pessoas estiveram muito atentas, muito cúmplices, muito participativas. Passou das 100 pessoas, houve uma adesão muito grande, mas foi ótimo.” 

 

À noite, foi o Centro Cultural da cidade a abrir portas ao artista, que através da comédia quis alertar sobre a problemática de algumas questões sociais:

O espetáculo da noite é de humor e tem muita crítica social aos costumes, tem um pouco de sotaque alentejano, tem histórias recambulescas, episódios caricatos. Brinco muito com a questão das redes sociais, com o mundo da imagem, da publicidade que muitas vezes nos engana e de como as marcas promovem produtos que são mentiras pegadas, hábitos que às vezes temos e não reparamos neles.”

 

 

Jorge Serafim passa pela segunda vez por Macedo de Cavaleiros, onde esteve há cinco anos a apresentar o Concurso Final Intermunicipal de Leitura.

 

Escrito por ONDA LIVRE 

Relacionados