Autarquia de Macedo tem 30 mil euros para atribuir em bolsas de estudo

Autarquia de Macedo tem 30 mil euros para atribuir em bolsas de estudo

O município de Macedo de Cavaleiros tem 30 mil euros para atribuir em bolsas de estudo para alunos do concelho que estejam a frequentar licenciaturas ou mestrados integrados.

Uma verba que duplicou em relação ao ano passado, para poder chegar até mais estudantes e evitar que alguns desistam de estudar por falta de posses económicas, como explica Elsa Escobar, vereadora da Educação do município de Macedo de Cavaleiros:

“Nós duplicamos a verba relativamente ao ano anterior, porque nos apercebemos que 15 mil euros não dá resposta nem a 50% das candidaturas que tivemos no ano passado, também porque temos noção que, muitas vezes, há situações em que os pais não podem  pagar e há alunos que desistem de estudar por constrangimentos económicos, o que não é, de todo, desejável. A educação é o caminho.”

As candidaturas estão a decorrer até ao final do mês de fevereiro e para concorrer são necessários alguns requisitos, adianta Elsa Escobar:

“Têm que ser residentes no concelho há mais de dois anos, estar matriculados ou inscritos no ensino superior, não ser titular de bacharelato, licenciatura ou grau equivalente, o agregado familiar estar inscrito num dos quatro escalões de rendimento de referência para efeito de atribuição de abono de família a crianças e jovens e, para além disso, os candidatos e candidatas devem ter tido aproveitamento no ano letivo anterior e não ter excedido a duração normal do curso.”

A vereadora da educação acredita que, este ano, consigam ajudar entre 20 a 25 estudantes:

“O ano passado tivemos à volta de 30/35 candidaturas e com os 15 mil euros só conseguimos atribuir bolsa a 11 dos candidatos. Este ano, presumo que pelo menos 20 ou 25 devam conseguir bolsa. O valor da bolsa é variável, depende muito do escalão em que os candidatos estão e do valor indexante dos apoios sociais, sendo que no caso, por exemplo, de um aluno já usufruir de uma bolsa atribuída pela instituição de ensino superior em que está integrado, ou outra qualquer entidade, a soma das duas não pode ultrapassar os 3500 euros. Ao que me recordo do ano passado, não terá havido nada nenhuma bolsa que chegasse aos 2 mil euros.”

 

As bolsas serão depois pagas em três prestações até ao final do ano letivo.

Escrito por ONDA LIVRE

DOCUMENTOS:

Edital: https://www.cm-macedodecavaleiros.pt/cmmacedocavaleiros/uploads/document/file/5917/edital_bolsas.pdf

Regulamento Macedo Educar: https://www.cm-macedodecavaleiros.pt/cmmacedocavaleiros/uploads/document/file/87/Regulamento_Municipal_-_Programa_Macedo_Educar.pdf

Requerimento de Candidatura: https://www.cm-macedodecavaleiros.pt/cmmacedocavaleiros/uploads/document/file/4933/bolsas_de_estudo.pdf

Relacionados

Comentar