Reabilitação da residência de estudantes de Macedo vai criar 76 camas para alunos do ensino superior

Reabilitação da residência de estudantes de Macedo vai criar 76 camas para alunos do ensino superior

Com a reabilitação da antiga residência de estudantes de Macedo de Cavaleiros, que foi um dos edifícios mapeados pelo governo no Âmbito do Plano Nacional de Alojamento Estudantil, vão ser criadas 76 camas para alunos de ensino superior.

Benjamim Rodrigues, autarca local, adianta que será uma mais-valia visto que as imobiliárias já não estão a conseguir dar resposta ao número de alunos interessados em viver na cidade:

“Temos consciência de que há um défice muito grande de alojamento aqui no território abrangido pelo IPB.

Em Macedo também temos estudantes do ensino superior a residir e, como tal, fará todo o sentido criarmos condições para que eles se possam alojar, até porque, neste momento, os agentes imobiliários já não estão a conseguir dar resposta a toda a gente. “

A reabilitação deste edifício fazia já parte dos planos e negociações da autarquia, não só pela necessidade de dar resposta à procura de alojamento estudantil, mas também porque constituí um perigo para a população, devido ao avançado estado de degradação da infraestrutura.

Com este plano, as despesas com a obra passam a ser da responsabilidade do Governo, dando assim outro fôlego às contas da autarquia:

“Tudo o que estiver mapeado neste programa fugirá às nossas responsabilidades, o que é para nós mais confortável e, à partida, uma garantia de que a obra será célebre, pois este é um programa considerado urgente. É para nós uma boa notícia, deixa-nos de certa forma livres das responsabilidades em termos de investimento, permitindo assim que possamos investir em outras obras.”

Neste momento, a comunidade do IPB, nomeadamente de alunos guineenses que residem em Macedo de Cavaleiros, é de cerca de 30 alunos, dos quais cerca de 14 frequentam o curso TesP de Secretariado e Línguas, estando os restantes a frequentar ofertas nas escolas de Bragança.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar