Hospital de Vila Real ainda não deu tratamentos a doentes com Hepatite C este ano

Hospital de Vila Real ainda não deu tratamentos a doentes com Hepatite C este ano

O hospital de Vila Real ainda não deu nenhum dos tratamentos prescritos a doentes com hepatite C durante este ano. A denúncia parte da associação SOS Hepatites que diz que são vários os casos de hospitais do país nesta situação, como explica Emília Rodrigues, presidente da associação:

“Desde janeiro de 2017/2018 que a medicação passou a ser comprada pelas administrações hospitalares e o que está a acontecer é que os médicos prescrevem mas os tratamentos não chegam aos doentes porque as administrações não comprar.

Eu tenho conhecimento que o Hospital de Vila Real este ano ainda não deu uma medicação sequer a um doente e estamos quase no meio do ano.

Principalmente Vila Real, Gaia, o Algarve e outros hospitais do país, mas estes são os casos mais graves, não estão a dar a medicação aos doentes.”

Ao não terem acesso ao tratamento atempadamente, os doentes podem desenvolver cancro:

“É o desespero total.

Estamos a falar numa situação que num futuro muito próximo pode desenvolver para cancro, dependendo do grau da fibrose ou cirrose com que se encontra o fígado.”

Para Emília Rodrigues a solução passaria pela criação de uma central de compras onde os hospitais pudessem ir buscar os medicamentos.

“Neste momento a solução passa por voltarmos a ter uma central de compras onde os hospitais possam ir buscar a medicação e, na realidade, tratar os doentes, porque temos medicamentos que ao final de quatro semanas o doente está curado, e estão entre quatro meses a um ano à espera, o que é impensável. “

O Hospital de Vila Real, segundo a associação SOS Hepatites no ano de 2019 ainda não terá distribuído a medicação a nenhum dos seus pacientes com hepatite C, e que rondarão as várias dezenas de pessoas.  Apesar das várias tentativas, a CIR não conseguiu chegar à fala com nenhum responsável pelo centro hospital de TMAD.

INFORMAÇÃO CIR (Universidade FM)

Relacionados

Comentar