José Carlos Afonso deixa de ser treinador da equipa sénior do CAM

José Carlos Afonso deixa de ser treinador da equipa sénior do CAM

José Carlos Afonso não vai renovar pelo Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros e deixa de ser o treinador da equipa de futebol sénior na próxima época.

A informação foi avançada ontem pelo clube, numa nota publicada na página oficial do Facebook.

Uma decisão que foi tomada por ambas as partes, embora este fosse um projeto de “mais de um ano”, adianta o próprio, José Carlos Afonso:

“Foi uma decisão global, como é normal acontecer. Acabou o ano, conseguimos os objetivos, a direção tem outros objetivos e tem toda a legitimidade de dialogar com quem esteve e optar por outras situações.

É óbvio que este não era um projeto de um ano, tinha outra dimensão, pois além dos seniores contemplava também a formação. De qualquer forma, há coisas em que o treinador tem legitimidade, foi isso que aconteceu durante a época, mas depois, no final, há um resumo global daquilo que aconteceu.

Eu já tenho muitos anos de futebol, sei que isto é normal acontecer e não estou surpreendido.”

José Carlos Afonso, que além de treinador também estava à frente da coordenação da formação do clube, admite que não vai embora com um amargo de boca, confiante de que o trabalho foi bem desenvolvido durante a época passada:

“De maneira nenhuma, bem pelo contrário.

Foi um prazer trabalhar com esta direção, fizemos tudo aquilo que era importante para pôr o clube novamente na rota das vitórias e estou muito contente por ter sido eu a inicia-lo.

Não me foi dito qual é o projeto futuro uma vez que estou de saída, mas estou convencido que com a inteligência das pessoas que estão na direção e tendo em conta tudo aquilo que todos aprendemos este ano, vão dar continuidade a este projeto. Às vezes é preciso mudar pessoas, assim como a imagem, só espero que o caminho seja sempre o mesmo para o bem da instituição.”

Quanto ao futuro, José Carlos Afonso afirma que vai continuar ligado ao futebol e deixa saber que as propostas são várias:

“Tenho várias. Felizmente durante o ano surgiram várias situações, algumas até mesmo no início, mas optei pelo Macedo porque era uma projeto aliciante.

Depois da minha saída se saber é evidente que me vão contactar, já me tinham contactado no final da época, e estou a estudar as opções.

A mim interessa-me que seja uma equipa perto da zona de Mirandela.”

Contactada, a direção do Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros não quis acrescentar mais informações, limitando-se ao que foi publicado na rede social, onde aproveitam para desejar “os maiores sucessos desportivos” a José Carlos Afonso, agradecendo pelo trabalho e dedicação prestados ao clube, concluindo que “será sempre um dos nossos”. Quanto a possíveis futuros treinadores, também não foi adiantado qualquer nome.

De recordar que José Carlos Afonso liderou a equipa verde e amarela durante a época passada em que o clube regressou com o escalão máximo do futebol após seis anos de interregno. Acabou o campeonato distrital em sétimo lugar, tendo ao longo das 22 jornadas conseguido nove vitórias, três empates e dez derrotas. Na Taça da Associação de Futebol de Bragança, não passou da 1ª eliminatória, perdendo as duas mãos com o Águias FC Vimioso.

Foto: Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar