Foi ontem oficialmente inaugurada a Festa da Cereja de Alfândega da Fé

Foi ontem oficialmente inaugurada a Festa da Cereja de Alfândega da Fé
Presente na cerimónia de abertura esteve Miguel Freitas, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, que reconhece a importância deste tipo de eventos para valorizar os produtos dos concelhos, neste caso a cereja:
“A festa da cereja tem uma enorme importância para este território. Primeiro, porque dá a dimensão daquilo que é o território quando falamos da cerejeira, que como sabem tem uma flor magnífica. Por outro lado, o fruto que tem por trás os produtores, aqueles que trabalham. Este é um produto que valoriza Alfândega da Fé e os Trás-os-Montes. É uma montra daquilo que a região tem de bom.”
Uma das festas dedicadas à cereja mais antiga da região, que é cada vez mais uma aposta turística que traz um retorno considerável ao concelho, como refere Berta Nunes, autarca alfandeguense:

“Uma forma de divulgar o nosso território e atrair turistas, ao mesmo tempo que estamos a promover os nossos produtores e produtos. 

Esperamos entre 10 a 15 mil visitantes, mas poderão ser mais porque temos vindo sempre a notar a vinda de mais gente. Já no ano passado tentámos atrair visitantes da fronteira, e deu resultado.

O investimento é de cerca de 200 mil euros para toda a festa, incluindo espetáculos. 

Nesta altura todo o alojamento está lotado, aumentamos, sem dúvida, o turismo.” 

No total são cerca de 80 os expositores que até segunda-feira vão marcar presença neste certame que arrancou esta sexta-feira com um dos pontos altos da edição deste ano que foi o primeiro dos cinco seminários sobre o recentemente aprovado estatuto de Jovem Empresário Rural, que vão acontecer a nível nacional.
Escrito por ONDA LIVRE
IMG_5322

Relacionados