Dez bombeiros macedenses receberam diploma profissional de socorro em emergências

Dez bombeiros macedenses receberam diploma profissional de socorro em emergências

Dez bombeiros da Associação Humanitária de Macedo de Cavaleiros recebem o diploma profissional de capacidade de socorro em situação de emergência.
Uma mais-valia a nível individual mas também para a própria corporação, considera João Venceslau, comandante dos Bombeiros Voluntários de Macedo:

“Estes dez profissionais executaram exercícios em três áreas distintas, uma delas relacionada com o DECIR 2019, outra com o suporte básico de vida e, por fim, uma ação de desencarceramento com uma vítima no veículo.

A prova é uma valorização pessoal mas, acima de tudo, com o lema de que quem não sabe não salva, e para salvar é preciso saber.

Para além de ser importante para o currículo pessoal deles, pois acaba por ser uma certificação individual no contexto geral, para o próprio corpo de bombeiros é uma mais-valia porque, acima de tudo, são dez homens que a partir de agora passam a ter outra valorização a nível curricular e profissional.”

Os diplomas foram atribuídos pelo Centro Qualifica do Instituto Jean Piaget de Macedo de Cavaleiros com o objetivo de qualificar estes dez profissionais com um certificado que lhes confira habilitações de socorro em situação de emergência, como explica Armando Queijo, presidente da instituição:

 

“Estes dez operacionais, ao serem admitidos à prestação de provas, é porque os formadores entenderam que eles já reuniam todas as capacidades para se poderem submeter a elas.

O objetivo é que eles fiquem capazes de prestar auxilio e socorro em situações de emergência.

Fica aberta a porta para futuras certificações nesta e em outras associações a nível do distrito.”

Um trabalho que Armando Queijo quer que continue também a ser replicado no país:

 

“O ano passado realizamos uma ação deste género em Izeda, que correu muito bem, e temos inclusive o feedback de que profissionais que na altura foram formados e certificados , já subiram na estrutura específica da corporação.

A nossa ideia é continuar a desenvolver este trabalho no país, e o importante é que a instituição venha ao terreno, junto de outras associações, trazer e divulgar tudo aquilo que tem potencialidades para fazer.”

O Centro Qualifica funciona no Instituto Jean Piaget de Macedo de Cavaleiros desde janeiro de 2017 e tem como missão qualificar académica e profissionalmente adultos com mais de 18 anos, tendo por base a experiência dos cidadãos adquirida ao longo da vida.

Escrito por ONDA LIVRE

Relacionados

Comentar