Jovem tem a votação projeto para dinamizar locais na Serra de Bornes

Jovem tem a votação projeto para dinamizar locais na Serra de Bornes

Está aberto para votação um projeto, no âmbito do Orçamento Participativo Jovem do IPDJ, para criação de percursos pedestres, de BTT e passadiços na Fraga dos Corvos, em Macedo de Cavaleiros, abrangendo a freguesia de Castelãos e Vilar do Monte, naquele concelho, e ainda três aldeias do município de Alfândega da Fé.
O mentor da ideia foi o jovem João Pessegueiro, de 24 anos, natural de Vilar do Monte, que com a ajuda da associação Juvenil daquela aldeia, a VIMONT, da qual é membro, criou este projeto sobre o qual explica mais um pouco:

“A ideia já tinha surgido o ano passado, e apesar de a termos submetido, não foi aprovada para votação. Uma vez que a oportunidade voltou a surgir, reformulei o projeto e voltei a candidatar. Foi aceite e estamos muito contentes.

O objetivo deste projeto é desenvolver esta zona, que está um pouco esquecida, e quem sabe, mais tarde, criar também postos de trabalho.

Estou confiante e espero que o meu projeto seja aprovado, mas para isso os jovens têm de votar e colaborar para que a proposta seja aceite, o que se vier a acontecer, vai ser muio importante para a região.”

O projeto está agora sujeito à votação dos jovens, entre os 14 e os 30 anos, através do site do Orçamento Participativo Jovem ou por sms até ao dia quatro de agosto, sendo os resultados revelados no dia 12 do mesmo mês. O orçamento previsto para o projeto vai de 75 mil euros a 100 mil euros, totalmente suportados pelo governo.
Satisfeita com a possível implementação desta ideia está Elsa Escobar, vereadora da juventude do município de Macedo, que vê nela uma mais-valia em termos turísticos:

“Os passadiços estão na moda e os concelhos que os têm servem-se deles como uma mais-valia turística. Neste caso, facilita a conhecer uma zona de difícil acesso, permitindo apreciar uma bela vista sob o vale da Vilariça.

Apelo, por isso, a todos os jovens do concelho que votem e que convidem os amigos deles dos outros concelhos a votar.”

Uma das condições destes projetos do IPDJ é a envolvência de pelo menos dois concelhos, dai a que, se for aceite, vá ser também implementado nas aldeias de Gebelin, Soeima e Sambade, em Alfândega da Fé.
Uma boa surpresa que complementa a exploração de percursos pedestres que já existe em conjunto pelos dois concelhos, confessa a autarca alfandeguense, Berta Nunes:

 

“Foi uma boa surpresa que vai de encontro ao espírito que temos vindo já a trabalhar em conjunto com a câmara de Macedo de Cavaleiros, para aproveitar a Serra de Bornes e os vários percursos pedestres que temos, fazendo-os e divulgando-os conjuntamente.

Vamos apoiar e divulgar esta proposta nas nossas redes sociais, pedindo às pessoas que votem, pois consideramos que tem todo o interesse, até porque está a valorizar uma paisagem e um património que existe mas que é pouco conhecido, sendo um local que, pela sua altitude, permite ver paisagens deslumbrantes e tem também alguns vestígios arqueológicos pouco conhecidos que poderão assim ser mais divulgados.”

Para ser implementados diretamente no distrito de Bragança estão ainda a votação mais sete projetos.

Foto: Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros

Escrito por ONDA LIVRE

 

Sabe como votar aqui: https://opjovem.gov.pt/projetos-2019

Página do projeto: https://opjovem.gov.pt/passadicos-da-fraga-dos-corvos-macedo-de-cavaleiros-e-alfandega-da-fe

Relacionados

Comentar