PSP identifica vendedores ambulantes de produtos contrafeitos em Vila Real

PSP identifica vendedores ambulantes de produtos contrafeitos em Vila Real

A PSP de Vila Real identificou várias pessoas, que se dedicavam à venda ambulante ilegal de produtos contrafeitos, como perfumes e brinquedos. O comissário João Martins explica que têm havido várias queixas a reportar estas situações, até porque por vezes os vendedores são bastante agressivos:

“Temos detetado aqui na cidade, principalmente nesta época de maior movimento de emigrantes, alguns grupos de indivíduos que se dedicam à venda ambulante.

Estamos a reportar algumas denuncias que dão conta que esses vendedores são um pouco ostensivos nas abordagens e a nossa equipa de interversão rápida e brigada de fiscalização tem estado atenta, identificado alguns indivíduos e apreendendo material, uma vez que não estão habilitados para a venda ambulante, e em alguns casos é considerado um crime de contrafação.

É um tipo de venda bastante agressiva, as denúncias que nos são reportadas dão conta de que estes indivíduos quase que ameaçam as pessoas, e os cidadãos sentem-se um pouco constrangidos.”

O comissário diz que as zonas mais movimentadas da cidade são as mais procuradas por estes vendedores:

Isto é sistemático, principalmente nestes períodos de maior afluência de pessoas na cidade.

Estes grupos de vendedores, alguns são estrangeiros, vem à cidade, particularmente em dias de feira, e tentam efetuar estas vendas ambulantes, quer junto aos locais onde existe feira semanal quer junto a grandes superfícies comerciais aqui da cidade de Vila Real.
A Polícia de Segurança Pública está atenta e faz cumprir a legislação.

Os infratores são identificados e depois o processo segue os seus trâmites normais:

“É uma contraordenação porque os indivíduos não estão habilitados com uma licença de venda ambulante, são identificados, o material é apreendido e o expediente é enviado para a entidade competente.”

A Equipa de intervenção e  fiscalização policial de Vila Real apreendeu e identificou vários vendedores ambulantes na cidade de Vila Real que abordam os cidadãos para lhes venderem perfumes e outros produtos.

Uma situação que garantem, vão continuar atentos.

INFORMAÇÃO CIR (Universidade FM)

Relacionados

Comentar