Há quatro novos cursos CTeSP disponíveis para abrir no próximo ano letivo em Macedo de Cavaleiros

Há quatro novos cursos CTeSP disponíveis para abrir no próximo ano letivo em Macedo de Cavaleiros

Há novos cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) do Instituto Politécnico de Bragança com candidaturas abertas para funcionar em Macedo de Cavaleiros no próximo ano letivo.
Biotecnologia e Inovação, Educação Ambiental, Gerontologia e Restauração e Inovação Alimentar são as quatro ofertas disponíveis no polo da cidade, e foram pensadas tendo em conta as necessidades locais, refere Orlando Rodrigues, presidente do IPB:

“Teve essa relação com as necessidades da região.

Biotecnologia e Inovação, por exemplo, é uma aposta importante, uma vez que também já se estão a instalar outras competências nessa área em Macedo de Cavaleiros, criando empregos e gerando economia nessa área. É um curso que estamos a oferecer pela primeira vez.
Restauração e Inovação Alimentar é outro curso que tem uma grande empregabilidade e que se ajusta às necessidades de turismo da nossa região e, como tal, é necessário formar profissionais nessa área. 
No caso de Educação Ambiental, por exemplo, é uma área que também tem interesse na região.
Portanto, todas as formações que estamos a oferecer em Macedo têm, na verdade, relação com a região.”

Depois de o ano letivo passado, em que arrancou pela primeira vez a oferta de cursos TesP na cidade, o número de candidatos ter ficado aquém das expectativas, permitindo apenas a abertura do curso de Secretariado e Línguas, Orlando Rodrigues tem esperança que este ano surjam mais inscritos, e para isso, adianta, têm vindo a ser tomadas medidas:

“Está a ser feita uma ampla divulgação através das redes sociais, distribuição de panfletos, participação em feiras e divulgação local junto das pessoas. Fizemos também divulgação e reuniões junto das escolas secundárias e profissionais da região, e os potenciais interessados foram contactados, não só os de Macedo como também de outras regiões vizinhas. Portanto, todos os meios possíveis estão a ser utilizados.”

Os cursos TesP conferem diploma de Técnico Superior Profissional com qualificação de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações e têm a duração de dois anos, sendo o último semestre realizado em contexto de trabalho.
Uma tipologia de formação que o presidente do IPB considera ser uma mais-valia, e explica porquê:

“Estes cursos são particularmente interessantes porque permitem entrar no mercado de trabalho mais rapidamente, formam-se profissionais com uma qualificação superior em dois anos e são áreas de grande empregabilidade. Estas formações permitem creditar quase toda essa formação que foi obtida, permitindo que os alunos prossigam para licenciaturas com creditação da formação.”

Para abrir, cada curso terá de ter, no mínimo, 15 alunos.
A fase de candidaturas está a decorrer até 30 de agosto e os resultados vão ser afixados a 13 de setembro.

Escrito por ONDA LIVRE

Mais informações: http://portal3.ipb.pt/index.php/pt/portalcandidato/inicio

Relacionados