Federação dos Bombeiros de Vila Real critica Governo pelo atraso no pagamento do serviço de transportes de doentes

Federação dos Bombeiros de Vila Real critica Governo pelo atraso no pagamento do serviço de transportes de doentes

A Federação Distrital dos Bombeiros de Vila Real critica o Governo pelo atraso no pagamento do serviço de transportes de doentes.

Francisco Oliveira, presidente da Federação Distrital dos Bombeiros de Vila Real, refere que este problema está a “afligir muitas corporações de bombeiros”, acrescentando que o Estado pagou em dezembro os meses de janeiro e fevereiro de 2019:

O Governo diz que é um superávite a nível orçamental, mas se é assim então porque não pagam o que devem aos bombeiros?

Em dezembro pagaram-nos os meses de janeiro e fevereiro.
Imaginem o que é ter de estar um ano à espera de receber um salário para gestão, num local onde se gastam muitos milhares por mês.”

Entretanto, a Liga dos Bombeiros Portugueses solicitou ao Governo que aumente a verba prevista no Orçamento de Estado para 2020 por entender que os 28 milhões previstos para os 435 corpos de bombeiros não são suficientes para as despesas do Serviço de Proteção Civil que os bombeiros prestam. Uma reivindicação subscrita pela Federação Distrital dos Bombeiros de Vila Real.

“Estas casas consomem muito dinheiro e algum do que se gasta não se vê, começando pelos operadores de uma central, o apoio administrativo, os seguros das viaturas e do pessoal, são tudo uma panóplia de gastos que temos de ter.

Estamos permanentemente ao serviço das populações, e nesta calamidade que se viveu infelizmente no país com queda de árvores e inundações, os bombeiros estão sempre disponíveis, 24 horas por dia.
Queremos que, acima de tudo, nos tratem com respeito e que o Estado apoie os seus bombeiros.
Se fazemos 85% a 90% do socorro do país, porque é que não nos tratam como tal? Criam outras instituições que não vão substituir os bombeiros. Somos a espinha dorsal da proteção civil, portanto, queremos ser tratados com respeito.”

A Federação Distrital dos Bombeiros de Vila Real diz que existem corporações que “estão a passar por grandes dificuldades financeiras” devido ao atraso por parte do Estado do pagamento de serviços prestados no transporte de doentes.

 INFORMAÇÃO CIR (Universidade FM)

Relacionados