Homem morre no hospital de Lamego depois de estar seis horas à espera de ser atendido

Homem morre no hospital de Lamego depois de estar seis horas à espera de ser atendido

Um homem de 65 anos morreu depois de ter estado seis horas à espera de ser atendido nas urgências do Hospital de Lamego, uma Unidade do Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro.

Segundo a família de José Ferreira a triagem atribuiu a pulseira amarela e depois de seis horas à espera acabou por falecer nos braços da sua esposa, na passada segunda-feira. A família acusa de negligência o hospital de Lamego.

Em comunicado, o CHTMAD justificou que “a afluência do serviço de urgência da unidade de Lamego foi excecionalmente alta, quando comparada com os dias anteriores”.

Ainda segundo o Conselho de Administração do CHTMAD durante 12 horas foram atendidos 128 doentes, dos quais 116 foram triados com pulseira amarela e laranja.

Neste comunicado pode ler-se ainda que “um dos doentes que estava na sala de espera, teve um agravamento do estado clínico, tendo sido assistido no local e encaminhado para a Sala de Emergência” mas viria a falecer.

O Conselho de Administração diz que vai ser aberto um processo de averiguações ao sucedido.

INFORMAÇÃO CIR (Universidade FM)  

Relacionados

Comentar