Município Macedense já encomendou mais máscaras e gel desinfetante

Município Macedense já encomendou mais máscaras e gel desinfetante

A escassez de material de proteção individual tem sido mote de alguns apelos por parte de profissionais de saúde de vários pontos do país.

Esta semana, vários enfermeiros do hospital de Macedo de Cavaleiros pediram, através das redes sociais, que quem tenha oportunidade de doar máscaras, desinfetantes, óculos ou toucas, o faça.

Confrontado com esta preocupação, Benjamim Rodrigues, presidente do Município Macedense, conta que já foram tomadas algumas diligências:

“Fomos contactados no sentido de podermos interceder junto das instituições que tinham stock disponível para facultar ao hospital, e depois disso fizemos os procedimentos necessários. Entretanto, a Câmara acabou ontem o último lote disponível depois de entregar material à freguesia de Espadanedo. Já fizemos uma encomenda de 300 máscaras e cerca de 60 litros de gel alcoólico.”  

 

Boas notícias também para as IPPS (Instituições Particulares de Solidariedade Social) do distrito. A Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes tem já em curso uma encomenda de cerca de 30 mil máscaras:

“No âmbito da CIM, deliberámos fazer uma aquisição de 30 mil máscaras para as IPSS do distrito. Depois, podemos ir gerindo. Sei que tem havido alguma escassez de material mas, que eu saiba, ainda não faltou e a ULS tem conseguido fazer as suas aquisições.” 

 

Entretanto está a ser montado um hospital de campanha no recinto do hospital de Macedo. Uma estrutura de apoio aos serviços de urgência, no âmbito do Plano de Contingência da ULSNE para a covid-19.

 

Escrito por ONDA LIVRE 

Relacionados

Comentar