Emigrantes detidos em Chaves por não cumprirem quarentena

Emigrantes detidos em Chaves por não cumprirem quarentena

Quatro emigrantes de Ribeira de Pena, que trabalham no Luxemburgo, foram detidos pela PSP de Chaves por desobediência e desrespeito à quarentena que lhes foi imposta.

Os emigrantes entraram em território português no dia 22 de março e foram notificados pela GNR presente na fronteira para permanecer em quarentena durante os 14 dias determinados por lei.

Por não cumprir o que lhes foi imposto, os emigrantes, com residência em Ribeira de Pena e com idades entre os 19 e 46 anos, foram ontem detidos em Chaves e hoje vão ser apresentados no tribunal flaviense, para conhecerem as medidas de coação aplicadas.

 A PSP e a GNR já detiveram 39 pessoas por desobediência ao estado de emergência decretado por causa da pandemia de Covid-19 e encerraram 649 estabelecimentos por incumprimento.

O anúncio foi feito, ontem, pelo Ministério da Administração Interna.

INFORMAÇÃO CIR (Rádio Ansiães) 

Relacionados

Comentar