12 casos de Covid-19 no concelho de Macedo de Cavaleiros. No distrito, já são 109

12 casos de Covid-19 no concelho de Macedo de Cavaleiros. No distrito, já são 109

São 12 os casos confirmados por Covid-19 no concelho de Macedo de Cavaleiros.

Depois de esta amanhã avançarmos um caso em Valdrez, de um homem com mais de 70 anos, soubemos há instantes com também ontem deu positivo à Covid-19 a tia da primeira infetada em Lamas, que terá feito o teste quando se soube do caso da sobrinha, esta que acabou também por infetar a mãe. As três vivem na mesma casa onde estão em isolamento profilático, acompanhadas pelas autoridades de saúde. O quadro clínico é estável.

Assim passam a ser três os casos de infeção em Lamas, mantendo-se o registo dos quatro em Talhas, dois em Lagoa, dois em Vale de Prados e um em Valdrez.

Olhando agora para a realidade no distrito de Bragança, o último relatório das autoridades de saúde, revela que até ao início da tarde de hoje estão confirmados 109 infetados, ou seja, mais 10 nas últimas 24h.

Comparativamente aos dados de ontem, há a registar um aumento de dez casos, sendo que se mantém o mesmo número de mortes, ou seja, três pessoas já perderam a vida devido a esta pandemia. Um idoso de 91 anos, do concelho de Vimioso. Outro de 72 anos, residente em Bragança, mas natural de Mirandela e ainda um homem de 61 anos, residente no concelho de Vinhais

Na distribuição dos 109 casos pelos 12 concelhos do distrito, Bragança continua a ser o que regista mais casos, já totaliza 60, mais 4 que ontem.

Depois aparece Mirandela com 15 casos confirmados, mais um do que há 24 horas.

Macedo de Cavaleiros já regista 12 casos, mas um que ontem. Vinhais soma 7 casos, mais dois que esta quinta-feira, e Vimioso já contabiliza 5 casos, mas um que ontem.

Com três casos confirmados, estão os concelhos de Torre de Moncorvo e Carrazeda de Ansiães.

Enquanto, Miranda do Douro, Freixo de Espada à Cinta, Vila Flor e Alfândega da Fé registam um caso.

Até agora já foram testadas à Covid-19 mil pessoas do distrito e mais de 70 ainda aguardam resultado laboratorial.

No total, as autoridades de saúde têm perto de 1800 contactos sob vigilância.

Escrito por ONDA LIVRE e Terra Quente FM

Relacionados