Lamas sem a estrelinha da sorte

A estrelinha da sorte não tem andado de mãos dadas com o Lamas.

Uma equipa que ainda não conseguiu somar pontos esta temporada, e que neste Domingo recebe o Rebordelo, actual terceiro classificado.

Leonel Pires, o presidente do Lamas, sublinha que os seus jogadores têm dado o máximo para dar a volta na classificação e conseguir vitórias.

Ouça aqui: Leonel Pires

 O presidente do último classificado do campeonato distrital em futebol revela que não há lesões no plantel.

Mesmo assim, a equipa apresenta algumas condicionantes a meio campo.

 “Havendo vitórias a motivação é superior, por isso temos que alcançar a primeira e sair do último lugar. Temos alguma dificuldade ao nível do meio campo. Faltavam-nos dois jogadores, o que nos condicionou.”

 A caminhar para a quarta jornada, o adversário, Rebordelo ainda não sofreu derrotas.

Leonel Pires refere que o Lamas é uma equipa humilde e que a sua turma joga desde o primeiro minuto, apenas e só, por amor à camisola.

Ouça aqui:Leonel Pires 2

 Um clube que atravessa bastantes dificuldades económicas. E queixa-se de que os custos para inscrições de jogadores são muito elevados.

Confrontado com isto, o Presidente da AFB, Jorge Nogueira, responde que as inscrições não têm um custo elevado, e que o problema está na falta de receitas dos clubes.

“As inscrições não são elevadas, eles é que têm pouco dinheiro. Não são as inscrições que obrigam a isso. E depois há os débitos anteriores, que estes clubes têm com esta Associação. Nós temos que ter receitas, porque sem elas não podemos fazer nada, sobretudo ao nível da formação. Estamos a dar hipótese aos clubes de pagarem faseadamente”.

O Lamas recebe este fim-de-semana o Rebordelo, um jogo para a quarta jornada da Associação de Futebol de Bragança.

Por: Lídia Martins

Relacionados