Jovem mirandelense vence medalha de ouro nas Olimpíadas de Matemática da CPLP

 

Um aluno da escola secundária de Mirandela conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que decorreram, na semana passada, em São Salvador da Bahia, no Brasil.

Com esta distinção, David Martins já garantiu a presença nas Olimpíadas Ibero-Americanas, na Bolívia, no próximo mês de Setembro.

Esta foi apenas a segunda edição das Olimpíadas da CPLP, depois de, em 2011 se ter realizado em Coimbra. Na semana passada, no Brasil, as Olimpíadas reuniram estudantes de Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Timor-Leste.

A delegação Portuguesa conseguiu uma medalha de ouro e três de prata, sendo que a mais valiosa foi conquistada pelo David Martins, aluno do décimo ano da secundária de Mirandela. O estudante de 15 anos admite que estava optimista em conseguir conquistar o ouro nesta competição.

“É um projecto que está a começar a desenvolver-se e por isso havia poucos participantes com boas hipótese de ganhar. Eu tinha altas esperanças para esta competição”, refere.

A participação nas Olimpíadas da CPLP (anteriormente designada por Olimpíadas da Matemática da Lusofonia) é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática, e a selecção e preparação dos alunos está a cargo do Projecto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. Os concorrentes tiveram que resolver problemas de dificuldade elevada durante cerca de nove horas. David Martins conseguiu uma pontuação de 41 valores, em 42 possíveis.

“São três problemas de dificuldade bastante elevada e é preciso usar bastante criatividade e conhecimentos matemáticos anteriores para os resolver. Quem tiver a maior pontuação global é quem recebe as medalhas”, explica. “Só tive um pequeno erro”, refere.

Depois desta proeza, David já tem a sua atenção virada para as Olimpíadas Ibero-Americanas que vão acontecer na Bolívia, no próximo mês de Setembro. Apesar de reconhecer que nessa competição as dificuldades são acrescidas, não exclui a possibilidade de chegar às medalhas.

“Vai ser muito mais complicado e não espero alcançar nenhuma medalha de ouro e provavelmente nem sequer uma de prata. Mas já ficaria bastante contente se conseguisse uma medalha”.

Refira-se que David Martins, para além desta medalha de ouro nas olimpíadas da matemática, também tem obtido excelentes resultados na prática de Xadrez, onde representa o Clube Amador de Mirandela (CAMIR).

 

Escrito por Terra Quente (CIR)