Saída do Macedo da II Divisão Nacional “penalizou o clube e a terra”

Saída do Macedo da II Divisão Nacional “penalizou o clube e a terra”

 

O fim da participação do Macedo de Cavaleiros na II Divisão Nacional penalizou o clube e a terra.

A afirmação é do técnico de futebol, Rui Vilarinho.

Há cerca de seis meses longe dos relvados, o técnico macedense diz que faltou rigor e transparência na medida em que as ações se desenrolaram.

Rui Vilarinho diz que esta situação foi penalizadora para o Clube Atlético e para Macedo de Cavaleiros e está convicto que poderia ter culminado de uma outra forma.

 

Vilarinho 1 

“Infelizmente a situação económica nacional não é vantajosa. Há sempre formas de contornar isso com alguns cuidados, rigor, transparência, alguma verticalidade mas qui não aconteceu isso e saímos todos penalizados, o clube e a terra. Tenho a certeza que podia ter culminado de outra forma. Talvez fosse inevitável a não participação na II Divisão mas com outros cuidados, rigor e frontalidade conseguia-se uma equipa para competir fosse em que divisão fosse. O clube atlético não terminaria, havia condições para o fazer e agora ninguém quer abarcar a responsabilidade. Não espero que isto acontece a ninguém. Situações únicas que não se repitam.”

 

Rui Vilarinho enaltece a grande prestação dos Juvenis do Macedo e felicita-os pelo título de campeões conquistado.

Realçando ainda o valor do técnico, Carlos Choupina pelo mérito e pela capacidade de liderança.

 

Vilarinho  2 

“Fico muito satisfeito com a prestação dos Juvenis, que se tenham sagrado campeões. Enalteceu o grande currículo do Carlos Choupina, um treinador que está no Clube Atlético há muitos anos, com muitos êxitos, com muita capacidade de liderança, mais uma vez provou-o e mais uma vez provamos nós, macedenses, que também somos capazes de ser campeões como temos sido ao longo dos anos. Esta é uma equipa construída no Clube Atlético, que já vem de outros anos e que já passou por outros treinadores de muita qualidade também.”

 

Palavras de Rui Vilarinho, afastado do futebol há quase meio ano, que se assume como amante da modalidade, mas que poderá abraçar outros projetos.

 

Escrito por Onda Livre

Relacionados