Estádio Municipal de Macedo de Cavaleiros recebeu um jogo do Torneio Lopes da Silva

 

Torneio Lopes da Silva já começou.

Pela primeira vez este torneio é organizado no distrito de Bragança.

Vários jogos irão ser realizados por várias cidades do distrito.

Ontem o Estádio Municipal de Macedo de Cavaleiros recebeu o jogo entre as seleções sub-14 da Madeira e de Évora.

Os treinadores de ambas as equipas admitem que a descentralização deste torneio para outros distritos, que não o de Lisboa, é importante para a dinamização da modalidade.

microfone

“O torneio foi durante muitos anos em Lisboa, agora têm sido descentralizado e é a primeira vez que, praticamente todos eles, vêm a Trás-os-Montes. Acho muito bem esta descentralização porque no interior também há valor, pessoas com espirito de iniciativa, temos que descentralizar porque se não é sempre nos grandes centros urbanos. Estamos agradavelmente surpreendidos com este espaço físico porque está muito giro, aos níveis dos melhores que encontramos no País, relvado em excelentes condições e os interiores são impecáveis.” – João Paulo Viera, treinador da Seleção de Futebol de Évora.

“É fundamental porque o torneio tem em si um aspeto de promoção do futebol e, nesse particular, a descentralização cumpre com esse objetivo. Raramente pensaremos em vir a Trás-os-Montes e é uma boa razão de virmos, da própria zona dar a conhecer a estes jovens que se tiverem um bom desempenho um dia vão querer voltar aqui, eu quis sempre voltar a Coimbra porque ganhei lá um torneio. Estas questões são fundamentais mas acima de tudo na promoção, na descentralização e na capacidade que a Associação de Futebol de Bragança conferiu aos seus convidados garantindo algumas visitas culturais acho muito bom, acho que se deve continuar este tipo de política.” – Rui Mâncio, treinador da Seleção de Futebol da Madeira.

O presidente do Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros, Paulo Pereira, salienta a importância deste torneio para o distrito e em particular para a cidade de Macedo de Cavaleiros.

microfone

“O Torneio Lopes da Silva é feito todos os anos em várias zonas do País, este ano calhou em Trás-os-Montes. Conseguiu-se trazer um jogo para Macedo, é bom para a cidade e para o Clube Atlético. Ficaram a conhecer a nossa gente, a nossa gastronomia, é tudo bom, tudo o que seja exterior é bom para a nossa cidade. Em Macedo de Cavaleiros temos um ótimo estádio, dos melhores de Trás-os-Montes, é pena não termos uma equipa de séniores nos nacionais porque temos infraestruturas para isso mas o futuro o dirá, vamos caminhar para lá.”

Fernando Brassard, treinador dos guarda-redes da Federação Portuguesa de Futebol, salienta a importância da descentralização deste torneio e elogia as condições do Estádio Municipal de Macedo de Cavaleiros.

microfone

“Já estivem em Trás-os-Montes como jogador mas na função de treinador é a primeira vez. A descentralização é fundamental para a promoção do futebol. Antigamente este torneio era sempre realizado em Lisboa e de há três anos para cá tem sido a política de federação descentralizar. É com enorme prazer que estamos aqui a presenciar um Torneio Interassociações no distrito de Bragança. Acabamos de ter uma visita guiada pelo estádio proporcionada pelo presidente e achamos que tem condições fantásticas, que fazem inveja a muitos clubes das ligas profissionais. Voltarei sempre, do ponto de vista pessoal é uma zona fantástica e é mais um sítio que se calhar muitos portugueses não conhecem. Da minha parte farei publicidade positiva a esta região de Trás-os-Montes.”

O Estádio Municipal de Macedo de Cavaleiros recebeu ontem o jogo entre Madeira/Évora a contar para a 19ª Edição do Torneio de Futebol Interassociações sub-14 Lopes da Silva.

 IMG_2020 IMG_2021 IMG_2022 IMG_2024 IMG_2025

Escrito por Onda Livre