PSD pede medidas que evitem saída de professores da região

O PSD de Bragança quer que o Ministério da Educação aplique medidas que evitem a saída de professores da região transmontana.

O assunto foi discutido na última reunião da comissão política concelhia e o partido entende que deve ser promovida uma estratégia educativa coesa e eficiente.  Segundo dados revelados pelo PSD, o distrito de Bragança depara-se com 191 vagas negativas nos diversos grupos disciplinares, no próximo ano lectivo, das quais 75 são no concelho de Bragança.Além disso, há ainda cerca de 200 professores sem componente lectiva.Tudo por causa das últimas medidas do Governo relacionadas com a redução de horas lectivas, aglomeração de estabelecimentos de ensino e aumento de alunos por turma.A comissão política concelhia do PSD de Bragança entende que esta situação vai levar à saída de professores da região e quer que o Ministério aplique medidas que o evitem.“Esta situação vai prejudicar imenso os professores, sabemos como é difícil fixar as pessoas no interior e este tipo de medidas são prejudiciais para o nosso concelho”, refere o presidente, acrescentando que “o Governo deve tomar medidas no sentido desta situação não vir a acontecer porque será muito prejudicial para o nosso concelho e particularmente para todos os docentes que vão ser afectados”.Hernâni Dias salienta que é necessário reajustar as orientações que estão em vigor para que o interior não fique descompensado nem prejudicado uma vez que esta situação pode obrigar cerca de 500 pessoas a abandonar Trás-os-Montes.“Se tivermos em conta que 75 docentes estão na iminência de terem de abandonar o concelho estamos a perder pessoas e numa altura destas não podemos dar-nos ao luxo de ‘expulsarmos’ as pessoas do interior”, afirma. “Esta política tem de ser corrigida criando medidas para que os professores não tenham de abandonar os locais onde neste momento estão a trabalhar”.

A tomada de posição da comissão política concelhia do PSD vai ser enviada ao Primeiro-Ministro e Ministro da Educação.

Escrito por Brigantia (CIR)