Dinamizar o comércio e o turismo é o objetivo da Feira da Agricultura e do Turismo

 

Cortiços recebeu a Feira da Agricultura e do Turismo no passado fim-de-semana.

O objetivo destas feiras é dinamizar o turismo, o comércio e proporcionar um dia de festa aos locais e visitantes.

Beraldino Pinto, presidente da Câmara Municipal, afirma que estas feiras devem ser replicadas por todas as freguesias.

microfone

“Estas feiras são muito importantes porque criam dinâmicas ao nível da freguesia, de cooperação, de ajuda. São um estímulo para as organizações, as coletividades se envolverem e se empenharem num mesmo projeto, neste caso esta feira. Em termos comerciais, gera negócio, gera rendimento e gera contactos que podem ser oportunidades de negócio no futuro. Tudo isto é muito bom e por isso tem que ser replicado em outras freguesias com temáticas diferentes. Cada freguesia tem aspetos que importam destacar e estas feiras, esta forma de promover o território e de tentar vender alguns dos produtos que temos, penso que é realmente importante.”

O presidente enaltece o comércio de gado que a freguesia dos Cortiços mantém.

microfone

“Aqui a incorporação do gado é um sinal muito importante. Esta freguesia ainda tem muitas cabeças de gado, consegue ter impacto económico positivo na região e isso é bom. Ter aqui o gado como uma das componentes desta feira acho que é particularmente importante.”

Estas feiras assentam na linha que o município tem seguido no âmbito do apoio aos produtos locais e na cultura.

microfone

“Tudo isto insere-se na linha de esforço que o município tem feito de criar uma economia muito assente nos nossos valores, nos nossos produtos endógenos e na nossa cultura. Esta feira também tem uma componente cultural, de festa, onde a nossa cultura vem ao de cima, tanto para os locais como para os visitantes é muito importante e muito bom.”

Durante o fim-de-semana, estiveram presentes na freguesia dos Cortiços cerca de 23 expositores e 9 criadores de gado.

 

Escrito por Onda Livre