Morreu Luísa Dacosta aos 87 anos

A escritora vila-realense  Luísa Dacosta morreu ontem  aos 87 anos no hospital de Matosinhos.

O corpo da escritora,  vai estar esta  segunda-feira a partir das 15h no tanatório de Matosinhos, seguindo-se a cremação amanhã  às 10h.

Luísa Dacosta, que completava hoje 88 anos, formou-se na Faculdade de Letras de Lisboa em Histórico-Filosóficas, iniciou a sua actividade literária em 1955 e recebeu em 2010 o Prémio Literário Vergílio Ferreira, atribuído pela Universidade de Évora.

Entre os seus livros contam-se Província, A Menina Coração de Pássaro, Sonhos Na Palma da Mão, O Valor Pedagógico da Sessão de Leitura, A-Ver-O-Mar ou Nos Jardins do Mar.  Luísa Dacosta tem ainda diversos livros infantis.

Em Março de 2012 o Grémio Literário de Vila-realense nas comemorações do Dia das Letras Transmontanas e Alto Durienses homenageou a escritora descerrando uma lápide na rua onde nasceu, Na Rua Cândido dos Reis.

Informação CIR (Universidade FM)