Obrigatoriedade da carta de caçador para prática de tiro desportivo também não agrada

António Oliveira, presidente do Clube de Caça e Pesca de Macedo de Cavaleiros, também é contra a retirada da realização do exame para a obtenção da carta de caçador de Bragança.

António Oliveira, que este sábado tomou posse para mais um mandato à frente do Clube, destaca a morosidade e dificuldade do processo, se passar a ser realizado só em Vila Real. E manifesta-se ainda contra as imposições para os praticantes de tiro desportivo.

microfone profissional 4 (1)

Para António Oliveira, as longas distâncias a percorrer e as despesas acrescidas, podem inibir novos caçadores ou praticantes de tiro desportivo.

microfone profissional 4 (1)

António Oliveira, à frente do Clube de Caça de Pesca de Macedo de Cavaleiros há 16 anos, assume o comando por mais um biénio. A tomada de posse foi este sábado. E ficam as datas de alguns eventos para este ano.

microfone profissional 4 (1)

Declarações de António Oliveira, presidente do Clube de Caça e Pesca de Macedo de Cavaleiros, uma coletividade que conta neste momento com 480 sócios.

Escrito por ONDA LIVRE