Rede Mundial das Cidades Magalhânicas leva língua portuguesa mais longe

No âmbito da Rede Mundial das Cidades Magalhânicas, está em curso o processo para o desenvolvimento de intercâmbios de cooperação educativa que vão abranger as escolas dos municípios integrantes desta Rede, como é o caso de Sabrosa, e que no futuro poderá atingir uma escala mundial significativa.

Sabrosa mantém já contactos com a Escola “Portugal” e a Escola “Fernão de Magalhães” do município chileno de Punta Arenas.

Segundo o presidente da Câmara de Sabrosa, José Marques, explica o que se pretende.

reduzido 3

“Implementar um conjunto de intercâmbios entre escolas de toda a rede, iniciando com um projeto piloto entre a escola de Portugal, a escola Magalhães em Punta Arenas e a Escola Miguel Torga em Sabrosa.

É provável que venhamos a estender e enquadrar aqui (Sabrosa) alguma escola numa fase inicial, já de Vila real. A ideia é haver intercâmbio entre alunos e professores e desenvolvimento de projetos pedagógicos. Por outro lado, o que para nós é fundamental, é que a escola de Portugal em Punta Arenas manifestou forte interesse em ter curso de língua Portuguesa, o que no âmbito deste projeto vai permitir que professores vão para a cidade mais austral do Chile (Punta Arenas) ensinar Português.”

José Marques acredita que, ao ensinar português no Chile, toda a cultura portuguesa acabará também por entrar naquele país sul-americano.

reduzido 3“Vão levar o Português, vão levar Miguel Torga, vão levar os autores, a cultura e a nossa identidade e, portanto, o desenvolvimento desta relação com a região de Magalhães no Chile é extremamente importante, para além de vir a servir de base e lastro para o desenvolvimento da cooperação com as outras escolas das restantes cidades da rede.”

Neste momento está a ser desenvolvida a estratégia de cooperação pedagógica e estão a ser definidos os critérios que vão permitir selecionar os jovens que vão participar. Por outro lado é preciso procurar fontes de financiamento que permitam desenvolver esta cooperação.

Informação CIR (Rádio Ansiães)