Deputados do PSD afirmam haver necessidade de investir 1 milhão e 700 mil euros

Os deputados do PSD Adão Silva e Maria José Moreno visitaram ontem o Hospital de Bragança onde constataram a necessidade de investimentos no valor de 1 milhão e 700 mil euros para requalificar o bloco cirúrgico e o laboratório de análises clínicas.

Adão Silva considera que o valor de 340 mil euros previsto para a Unidade Local de Saúde do Nordeste, no âmbito do novo quadro comunitário de apoio, não é suficiente para responder às exigências do Hospital de Bragança.

reduzido 3

“O que nós achamos é que o dinheiro é insuficiente e não pode responder a uma exigência imperativa da ULS que é o bloco cirúrgico e laboratório de análises clínicas de Bragança.

São duas obras que, somadas, representam cerca de 1 milhão e 700 mil euros, embora reconheçamos que há outras necessidades, mas vamos bater-nos por estes dois investimentos.”

O deputado descreve as principais alterações que considera necessárias no bloco cirúrgico.

reduzido 3

“Definam muito claramente os “circuitos limpos e os sujos”, o material limpo e sujo. Por outro lado, é necessário que se expanda a sala do recobro pois esta é pequena, não tem condições técnicas e se ela expandisse far-se-iam mais cirurgias neste hospital.

Em terceiro lugar, é preciso que seja retirada a esterilização do bloco e coloca-la junto do laboratório de análises clínicas. Que se amplie o bloco para mais uma sala, neste momento só são duas e, como tal, tem toda a razão a existência de uma terceira sala.

E, portanto, o investimento aqui significaria cerca de 1 milhão e 200 mil euros.”

O transferência do laboratório de análises clínicas representaria um investimento de 500 mil euros, perfazendo assim total de um milhão e 700 mil euros de investimento na unidade hospitalar de Bragança.

Recorde-se que ainda na semana passada, alguns autarcas do distrito, nomeadamente o presidente do Município de Bragança reclamaram mais investimento na ULS Nordeste, nomeadamente no Hospital de Bragança e mostraram-se contra os investimentos propostos pela ARS Norte,  no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio .

 

Informação CIR (Rádio Brigantia)