Cavaco Silva chega hoje a Lamego para comemorar o 10 de junho

O presidente da República chega hoje, ao fim da tarde, a Lamego para um programa recheado de atividades no âmbito das comemorações do 10 de junho, Dia de Portugal, Camões e Comunidades Portuguesas.

Terça e quarta-feira são os dias com mais eventos, mas desde a semana passada que há uma exposição militar na Avenida Dr. Alfredo de Sousa, onde se destaca um caça F16, helicópteros, tanques, entre outros equipamentos dos três ramos das Forças Armadas.

A Câmara de Lamego vai gastar entre 150 mil e 200 mil euros na organização local destas comemorações, mas o presidente Francisco Lopes diz que a cidade e a região vão sair a ganhar.

 reduzido 3

O autarca lamecense acredita que a escolha de Lamego para as comemorações do 10 de junho é um sinal do Presidente da República, que olha para o interior do país e que vê nele futuro, mas nem por isso deixará de apontar algumas dificuldades e estrangulamentos que afligem as regiões a que agora chamam de territórios de baixa densidade, sendo, precisamente, o despovoamento e o encerramento de serviços públicos dois dos mais importantes.

Mas Francisco Lopes não vai fazer um discurso choradinho no que acredita vir a ser uma grande festa, reservando a maior parte do espaço no papel para a esperança e a afirmação da cidade de Lamego e da região de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 reduzido 3

Os pontos altos das comemorações do 10 de junho em Lamego são o desfile militar, com mais de 1500 elementos em parada, e a sessão solene, com 800 convidados, ambos agendados para quarta-feira.

Informação CIR (Rádio Ansiães)