PCP acusa Governo de mentir nos números do desemprego na região

O Governo está a enganar os transmontanos com os dados sobre o desempego recentemente na região.

Quem o afirma é Filipe Costa, membro da direção regional do PCP de Bragança, que contradiz a ideia do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho de que o desemprego está a descer no distrito de Bragança. Filipe Costa vai mais longe ao dizer que ignorar que as políticas recentes influenciaram a vida dos transmontanos é falacioso, mentiroso e propagandista.

reduzido 3

Nos dados enviados à comunicação social pelo PCP, que têm os base os disponibilizados pelo IEFP, o desemprego na região terá aumentado 10% desde 2011, sendo que, em abril deste ano havia 7538 desempregados no distrito, mais 724 do que no período homólogo de há quatro anos.

Outro dado preocupante para o PCP é o facto de os desempregados de longa duração representarem 50,1% do total.

reduzido 3

O PCP defende, assim, um rompimento com a política de direita, que alega estar ao serviço do Estado e não do povo, e lança ideia para fixar pessoas e aumentar o emprego na região, nomeadamente na exploração as minas de Torre de Moncorvo.

reduzido 3

Segundo os mesmos dados disponibilizados pelo PCP, em abril deste ano houve 623 novos desempregados no distrito de Bragança, e desses só 17% encontrou emprego, ou seja, 108. Foram mais 44 pessoas desempregadas face ao período homólogo do ano passado, em que 579 pessoas se inscreveram no IEFP, e dessas só 68 conseguiram ingressar no mundo do trabalho.

Escrito por ONDA LIVRE