Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima volta a Macedo 66 anos depois

Um mar de gente recebeu ontem, ao final da tarde, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima.

Um dia marcado pela fé e pela emoção de quem pôde estar mais perto da Imagem nº1, que deixou a Basílica de Fátima para percorrer o país.

reduzido 3

Há 66 anos que a Imagem de Nossa Senhora de Fátima não andava pelo país, desde 1949. Agora volta a percorrer todas as Dioceses, em modo de preparação para as celebrações do centenário das Aparições, em 2017, e tem sido indescritível, conta o Bispo da Diocese Bragança-Miranda, D. José Cordeiro.

reduzido 3

As ruas da cidade e a Igreja Matriz pareceram encolher, incapazes de comportar todos os fiéis que quiseram estar presentes. À noite houve Eucaristia, seguida de procissão de velas, e quem não pôde vir à tarde, receber Nossa Senhora, veio à noite.

reduzido 3

A noite continuava a avançar, mas ninguém quis arredar pé, e seguiram a procissão de velas, que passou por muitas das ruas da cidade. É uma mãe que atraiu os seus filhos, diz o Cónego Manuel Melo, da Unidade Pastoral de Macedo.

reduzido 3

Também Duarte Moreno, presidente do município, marcou presença, neste dia de emoções.

reduzido 3

A Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima despede-se da cidade de Macedo hoje ao início da noite, na Praça das Eiras, e segue viagem para as localidade da Unidade Pastoral de Macedo. A despedida definitiva do concelho é dia 23, no Santuário de Santo Ambrósio.

Esta é a Imagem nº1, que deixou a Basílica de Fátima para andar por todo o país. É a primeira vez que isto acontece, desde 1949. E nessa visita a Macedo, houve uma miraculada, uma senhora que demonstrou melhoras de saúde após a visita da Imagem, comprovadas, à altura, pelo médico Luís Olaio, que dá hoje nome a uma das ruas da cidade.

Escrito por ONDA LIVRE